“Era Uma Vez Em… Hollywood”, de Quentin Tarantino, triunfou na 77.ª edição dos Globos de Ouro americanos, entregues pela Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood (Hollywood Foreign Press Association), ao vencer três prémios: Melhor Filme Comédia ou Musical, Melhor Ator Secundário (Brad Pitt) e Melhor Argumento (Quentin Tarantino).

As alterações climáticas, os devastadores incêndios na Austrália, o provável conflito bélico entre o Irão e os EUA, as eleições presidenciais americanas de 2020, e os direitos das mulheres e das pessoas LGBTI+ marcaram a generalidade dos discursos dos vencedores da 77.ª edição, que contou com várias surpresas e com mais um brilhante monólogo de abertura do humorista Ricky Gervais.

Para surpresa de toda a gente, “1917” acabou por vencer o prémio mais aguardado da noite, o Globo de Ouro de Melhor Filme Drama, assim como o de Melhor Realizador (Sam Mendes). Também “Joker” conquistou dois Globos, o de Melhor Ator Drama (Joaquin Phoenix) e o de Melhor Banda Sonora (Hildur Guðnadóttir).

Nas categorias de interpretação de Comédia ou Musical houve duas estreias nos Globos de Ouro e ambos venceram à primeira nomeação: Taron Egerton venceu o prémio de Melhor Ator pela sua interpretação em “Rocketman”; e Awkwafina venceu o prémio de Melhor Atriz por “A Despedida”.

O filme da Netflix “Marriage Story”, de Noah Baumbach, que liderava as nomeações em seis categorias, venceu apenas o Globo de Ouro de Melhor Atriz Secundária (Laura Dern). Já o épico “O Irlandês”, de Martin Scorsese, saiu de mãos abanar.

Outra das surpresas da noite foi a categoria de Melhor Filme de Animação, que premiou “Mr. Link”, uma vitória para os estúdios Laika. “Parasitas” venceu o prémio de Melhor Filme Estrangeiro e Tom Hanks foi homenageado com o prémio honorário Cecil B. DeMille.

Melhor Filme – Comédia ou Musical
Once Upon a Time in Hollywood
Melhor Filme – Drama
1917
Melhor Filme de Animação
Missing Link (Laika)
Melhor Filme Estrangeiro
Parasite
Melhor Realização
Sam Mendes, por 1917
Melhor Ator – Comédia ou Musical
Taron Egerton, em Rocketman
Melhor Atriz – Comédia ou Musical
Awkwafina, em The Farewell
Melhor Ator – Drama
Joaquin Phoenix, em Joker
Melhor Atriz – Drama
Renée Zellweger, em Judy
Melhor Ator Secundário
Brad Pitt, em Once Upon a Time in Hollywood
Melhor Atriz Secundária
Laura Dern, em Marriage Story
Melhor Argumento
Once Upon a Time in Hollywood, por Quentin Tarantino
Melhor Canção
“I’m Gonna Love Me Again”, em Rocketman
Melhor Banda Sonora
Hildur Guðnadóttir, por Joker
Prémio Cecil B. DeMille
Tom Hanks