O novo filme de Vicente Alves do Ó, “Golpe de Sol”, vai estrear nos cinemas portugueses a 13 de agosto e conta com um elenco de luxo.

Filmado na região de Grândola e produzido pela Ukbar Filmes, com o apoio da Câmara Municipal de Grândola, da RTP e distribuição pela NOS Audiovisuais, “Golpe de Sol” é um filme de ensaio selecionado para o First Look Locarno em 2018 e com estreia no PÖFF Black Nights Film Festival de Tallinn, na Estónia. Depois da estreia num festival de classe A, já esteve em competição no BFI Flare London LGBTQ Film Festival, Melbourne Queer Film Festival, Vancouver LGBT Film Festival e ainda no Festival Al Lugar Sin Limites. Em Portugal, estreou no Queer Lisboa e ainda no Festival Caminhos do Cinema Português.

Protagonizado por Ricardo Pereira, Oceana Basílio, Nuno Pardal e Ricardo Barbosa, “Golpe de Sol” conta a história de quatro amigos de 40 anos que se juntam para um fim de semana numa casa com piscina. Uma inesperada chamada telefónica interrompe a tranquilidade do campo quente. David está a chegar para jantar. De repente, a tranquilidade acaba e a tensão vem ao de cima, motivada pelos segredos, pelas verdades escondidas e pelas questões que ficaram sem resposta ao longo dos anos. Cada um deles teve uma relação com David. Os quatro disputam a memória do antigo amante, cujo encantamento se desfaz em pedaços, à medida que cada um reclama para si o “troféu” do amor de David.

As personagens de “Golpe de Sol” são retalhos de Vicente Alves do Ó, que escreveu o argumento há cerca de dez anos. Pessoas da sua vida, segredos não contados, traumas do passado ou temas universais como a idade ou a aceitação foram mote para o argumento desta história que, em parte biográfica, aborda a felicidade e o medo, a beleza e a fealdade e as certezas que nos trazem, também, as indubitáveis dúvidas.

golpe-de-sol-vicente-alves-do-o-2020-poster