4   +   2   =  

Foram ontem à noite revelados os vencedores dos Gotham Independent Film Awards 2015, que premeiam produções realizadas fora dos grandes estúdios americanos, ou seja, o melhor do cinema independente. O drama biográfico “O Caso Spotlight” conquistou o prémio de Melhor Filme e ainda o de Melhor Argumento (Tom McCarthy e Josh Singer) e o Gotham Especial do Júri. A comédia “Tangerine”, de Sean Baker, é premiado nas categorias de Revelação do Ano (Mya Taylor) e Prémio do Público. “The Diary of a Teenage Girl”, de Marielle Heller, que liderava com quatro nomeações, venceu apenas o prémio de Melhor Atriz (Bel Powley).

 

Melhor Filme

Spotlight, de Tom McCarthy

Melhor Documentário

The Look of Silence, de Joshua Oppenheimer

Melhor Primeira Obra

Jonas Carpigano, por Mediterranea

Melhor Argumento

Spotlight, por Tom McCarthy e Josh Singer

Melhor Ator

Paul Dano, em Love & Mercy

Melhor Atriz

Bel Powley, em The Diary of a Teenage Girl

Revelação do Ano

Mya Taylor, em Tangerine

Gotham Especial do Júri

Mark Ruffalo, Michael Keaton, Rachel McAdams, Liev Schrieber, John Slattery, Stanley Tucci, e Brian D’Arcy, Spotlight

Tributos

Steve Golin, Todd Haynes, Helen Mirren e Robert Redford

Prémio do Público

Tangerine, de Sean Baker