o-bom-patrao-goya-2022

Goyas 2022: Vencedores

A comédia “O Bom Patrão”, de Fernando León de Aranoa, e protagonizada por Javier Bardem, foi o grande vencedor da 36.ª edição dos Prémios Goya ao arrecadar seis troféus (Melhor Filme, Melhor Realização, Melhor Ator, Melhor Argumento Original, Melhor Montagem e Melhor Música Original.

“O Bom Patrão”, o filme espanhol com mais nomeações de sempre nos prémios Goya, com 20, é uma sátira sobre um dono de uma fábrica carismático e manipulador que se intromete na vida dos seus funcionários. O filme estreou nas salas de cinema portuguesas a 20 de janeiro.

“As Leis da Fronteira”, de Daniel Monzón, “Maixabel”, de Icíar Bollaín, e “Mediterráneo”, de Marcel Barrena, venceram três Goyas cada um.

Os Goyas são os mais importantes prémios cinematográficos de Espanha, entregues pela Academia das Artes e das Ciências Cinematográficas de Espanha.

Melhor Filme
El Buen Patrón, de Fernando León de Aranoa

Melhor Documentário
Quién lo Impide, de Jonás Trueba

Melhor Filme de Animação
Valentina, de Chelo Loureiro

Melhor Filme Ibero-Americano
La Cordillère des Songes, de Patricio Guzmán (Chile)

Melhor Filme Europeu
Druk, de Thomas Vinterberg (Dinamarca)

Melhor Direcção de Produção
Mediterráneo, Albert Espel e Kostas Sfakianakis

Melhor Realização
Fernando León de Aranoa, por El Buen Patrón

Melhor Realização Revelação
Clara Roquet, por Libertad

Melhor Ator Protagonista
Javier Bardem, em El Buen Patrón

Melhor Atriz Protagonista
Blanca Portillo, em Maixabel

Melhor Ator Secundário
Urko Olazabal, em Maixabel

Melhor Atriz Secundária
Nora Navas, em Libertad

Melhor Ator Revelação
Chechu Salgado, em Las Leyes de la Frontera

Melhor Atriz Revelação
María Cerezuela, em Maixabel

Melhor Argumento Original
El Buen Patrón, por Fernando León de Aranoa

Melhor Argumento Adaptado
Las Leyes de la Frontera, por Daniel Monzón e Jorge Guerricaechevarría

Melhor Montagem
El Buen Patrón

Melhor Fotografia
Meditarráneo

Melhor Música Original
El Buen Patrón, Zeltia Montes

Melhor Som
Tres

Melhor Canção Original
“Te Espera el Mar”, de María José Llergo, Mediterráneo

Melhor Direcção Artística
Las Leyes de la Frontera

Melhor Guarda-Roupa
Las Leyes de la Frontera

Melhor Maquilhagem e Cabelos
Las Leyes de la Frontera

Melhores Efeitos Especiais
Way Down

Melhor Curta-Metragem de Ficção
Tótem Loba, de Verónica Echegui

Melhor Documentário Curta-Metragem
Mama, de Pablo de la Chica

Melhor Curta-Metragem de Animação
The Monkey, de Lorenzo Degl’Innocenti e Xosé Zapata

Goya de Honor
José Sacristán

Goya Internacional
Cate Blanchett

Skip to content