Está disponível na Netflix Portugal, a partir de hoje, a coleção completa de Harry Potter, contabilizando um total de oito filmes.

Os títulos agora acessíveis a todos os subscritores são: Harry Potter e a Pedra Filosofal (Chris Columbus, 2001), Harry Potter e a Câmara dos Segredos (Chris Columbus, 2002), Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (Alfonso Cuarón, 2004), Harry Potter e o Cálice de Fogo (Mike Newell, 2005), Harry Potter e a Ordem da Fénix (David Yates, 2007), Harry Potter e o Príncipe Misterioso (David Yates, 2009), e as duas partes de Harry Potter e os Talismãs da Morte (David Yates, 2010-2011).

Segundo a criadora de todo este universo mágico, J.K. Rowling, tudo começou quando esta ainda vivia na cidade do Porto, onde tirou muita da inspiração nos trajes académicos dos estudantes, e principalmente na mítica “Livraria Lello”.

O primeiro livro foi lançado em 1997, e desde aí que as aventuras de Harry Potter, Ron Weasley e Hermione Granger cativaram milhões de pessoas por todo o mundo. Quando, em 2001, a primeira obra foi adaptada ao grande ecrã, os atores escolhidos para darem vida aos personagens principais de J.K. Rowling foram: Daniel Radcliffe (Harry Potter), Rupert Grint (Ron Wesley) e Emma Watson (Hermione Granger).

Outros exemplos de atores que participaram nos filmes da saga Harry Potter são Richard Harris, Alan Rickman, Matthew Lewis, Maggie Smith, Robert Pattinson, Gary Oldman, Helena Bonham Carter, entre outros.

Mais recentemente, houve dois spin-off da saga com a chegada dos filmes Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los (David Yates, 2016) e de Monstros Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald (David Yates, 2018). Estes dois últimos não estão disponíveis na Netflix.

A Netflix reforça assim a sua posição no mercado cinematográfico, garantindo assim um dos franchises mais lucrativos de sempre.