As IX Jornadas Cinema em Português terão lugar na Faculdade de Artes e Letras da Universidade da Beira Interior, Covilhã, entre os dias 27 e 29 de abril de 2016, organizado pelo Departamento de Comunicação e Artes e do Labcom.IFP.

A 9ª edição das Jornadas de Cinema em Português pretende trazer a debate problemáticas atuais e pertinentes para a reflexão sobre os cinemas dos diversos países que falam em português, procurando reunir esforços para ensaiar hipóteses de leitura conjunta e complementar. Pretende-se ainda introduzir uma nova temática que vem no seguimento do enfoque em que se tem vindo a apostar: a história e estética do cinema em Espanha.

Os eixos temáticos a trazer a debate são: Cinema português; Cinemas dos países de língua portuguesa; Discursos e representações da “portugalidade” ou da “lusofonia”; Documentário, identidade e memória; Produção audiovisual; Políticas públicas; Conceitos e teoria dos cineastas; Cinema em Espanha.

Ao todo serão vinte e dois convidados, entre investigadores e professores de escolas de cinema de Portugal, Brasil, Reino Unido e França.

“Ao longo da última década, o cinema português – a sua história e estética – tem sido uma preocupação central dos cursos de licenciatura e mestrado em Cinema da UBI, contribuindo para uma reflexão sobre o passado, o presente e o futuro da prática cinematográfica entre nós.”

“As Jornadas de Cinema em Português, cuja primeira edição data de 2008, têm como enfoque a discussão de cinematografias de territórios onde o português é língua oficial ou dominante, procurando integrar estas obras como um exemplo das novas dinâmicas artísticas, culturais e sócio-económicas que têm marcado os anos mais recentes. Para além da natural importância para os alunos e investigadores de Cinema da UBI, as Jornadas de Cinema em Português têm-se consolidado, nacional e internacionalmente, como um fórum privilegiado e reconhecido de debate sobre problemáticas actuais que reúnem investigadores de diversas áreas científicas.”

Programa

27 ABRIL

14:00
Abertura
“Falsificações Autênticas”: sobre dois filmes de apropriação “falsos”
Tiago Baptista (IHC-UNL, Portugal)

15:00
Os Contestados de Silvio Back. Uma análise sobre os documentários A Guerra dos Pelados (1970) e Restos Mortais (2012)
Márcia Motta (UFF, Brasil)
Nem real, nem ficção: o documentário como jogo de esquiva da experiência previamente calculada
João Barreto da Fonseca (UFSJ, Brasil)

16:30
Ideologia, Cinema e o Feminino. As Unidades de Produção e as Cooperativas de Cinema. Prática, Estética e Política
Érica Faleiro Rodrigues (Birkbeck College, University of London, Reino Unido)
Mujer, deseo y castración bajo las dictaduras ibéricas. Estudio comparado entre O crime de Aldeia Velha (Manuel Guimarães, 1964) y La tía Tula (Miguel Picazo, 1964)
José Manuel Peláez Ropero (CECS-UM, Portugal)
Que horas ela volta? na perspectiva da construção dos significados, da recepção da crítica e da construção dos gêneros
Anderson Souza (UBI, Portugal)

28 ABRIL

10:00
Entre o palco e a tela: o corpo na videodança
Beatriz Cerbino (UFF, Brasil)
A construção da visualidade no audiovisual: o caso d’Os Maias
Nívea Faria de Souza (UERJ, Brasil)

11:30
La influencia de la legislación en la evolución de las coproducciones ibéricas (1943-1949)
Pedro Peira (Universidad Complutense de Madrid, Espanha)
Arte de Roubar: Cinema latino-americano para inglês ver
Helyenay Araújo (UERJ, Brasil)
As perspectivas e políticas para o desenvolvimento de arranjos institucionais do audiovisual no Brasil e em Portugal
Renata Faria (CEFET-RJ/UFRJ, Brasil)

15:00
Lisbon Story: o elogio a Manoel de Oliveira e ao cinema português
Catarina Neves (LabCom.IFP-UBI, Portugal)
O conceito de “cinema artesanal”
André Rui Graça (University College London, Reino Unido)
Cinemas em português: cinema nacional e transnacional
Leandro Mendonça (UFF, Brasil)

16:30
Como escalar na cidade. Configurações da cidade portuguesa a partir de Montanhade João Salaviza
Maria Inês Castro e Silva (Queen’s University Belfast, Reino Unido)
Reflexões Temáticas e Formais acerca da obra de Teresa Villaverde
Henrique Vilão e Tiago Damas (UBI, Portugal)
Política do retrato no cinema de Pedro Costa
Diogo Nóbrega (FCSH-UNL, Portugal)

29 ABRIL

10:00
O Amuleto de Ogum, 40 anos depois, agora por Nelson Pereira dos Santos e por nós mesmos – o documentário Amuleto do coletivo Mate com Angu e os novos sentidos entre periferia e cinema
Liliane Leroux (UERJ, Brasil)
Sotaque e Identidade no Cinema Periférico Brasileiro
Sérgio Soares e Thuanny Vieira (UBI, Portugal)

11:30
A saga do 25!
Jorge Luiz Cruz (UERJ, Brasil)
Índia somos nós todos e o império connosco. Sobre o filme Índia (1972-75) de António Faria e a história do cinema português
Maria-Benedita Basto (Université de Paris Sorbonne, França)

14:00
Encerramento

Cinema de urgência para fixar “o nascimento [em imagens] de uma nação”
Maria do Carmo Piçarra (CECS-UM/CEC-FLUL, Portugal)

IX Jornadas Cinema em Portugues_1

Fonte: Cinema Português