“José e Pilar” é o terceiro documentário português mais visto desde 2004

O documentário português “José e Pilar”, de Miguel Gonçalves Mendes, foi visto por 11.300 espectadores em Portugal, em três semanas. Segundo os dados estatísticos do ICA, este é o terceiro documentário português mais visto em exibições comerciais desde 2004 (à frente está “Fados”, de Carlos Saura (34.151), e “Lisboetas”, de Sérgio Tréfaut (15.508 espectadores). E é o filme documental de um realizador português com mais espectadores nas suas três primeiras semanas, segundo a produtora Jumpcut.

 

“José e Pilar” documenta a vida do escritor José Saramago e da relação de amor e trabalho com a sua mulher, a jornalista Pilar del Rio, acompanhando o casal na escrita e na divulgação do livro “Viagem do elefante”. O filme é uma co-produção com Espanha e Brasil, produtoras de Pedro Almodòvar e de Fernando Meirelles, respectivamente.

 

O filme teve estreia mundial no Festival do Rio e estreou no dia 18 de Novembro em Portugal. Recebeu na Mostra de Cinema de São Paulo o prémio do público e em Portugal, abriu o festival DocLisboa. “José e Pilar” é sem dúvida um dos melhores filmes do ano e um dos melhores filmes da década!