Terminou no passado domingo a 12ª edição da Festa do Cinema Francês, onde se realizou a sessão de encerramento, com a antestreia de “La Source des Femmes” (“A Fonte do Prazer”), do romeno Radu Mihaileanu, que venceu o Prémio do Público da 12ª Edição da Festa do Cinema Francês. Na edição de 2010, o filme vencedor do Prémio do Público foi “O Concerto”, do mesmo realizador, Radu Mihaileanu.

 

“La Source des Femmes” passa-se nos dias de hoje, numa aldeiazinha, algures entre a África do Norte e o Médio Oriente. As mulheres vão buscar água à fonte, no cimo da montanha, sob um sol de rachar, e isso desde a noite dos tempos. Leila, recém-casada, propõe às mulheres de fazer a greve do amor: não há carinhos nem sexo enquanto os homens não trouxerem água à aldeia. Este é o mais recente filme de Radu e integrou na Seleção Oficial do Festival de Cannes 2011. O filme pode ainda ser visto a 22 de outubro, pelas 22h00, no Cinema Passos Manuel, no Porto, a 30 de outubro, às 22h00, no Teatro Municipal de Faro, e a 5 de novembro, às 23h30, no Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra. O filme será distribuído em Portugal pela Zon-Lusomundo.

 

A festa terminou em Lisboa e em Almada, mas segue para o Porto e Guimarães (19-23 Out), Faro (22-30 Out) e finalmente Coimbra (12-16 Out). No Porto o filme de abertura vai ser a comédia “Les Émotifs Anonymes” de Jean-Pierre Améris, que conta com as interpretações de Isabelle Carré e Benoît Poelvoorde.