Florbela (2012)_4

O filme “Florbela”, de Vicente Alves do Ó, que estreou em Portugal a 8 de março de 2012, tendo sido visto por mais de 40 mil espectadores, vai ter direito a uma minissérie televisiva que irá estrear na RTP1 no próximo dia 26 de dezembro. Enquanto que o filme se concentra apenas nos quatro dias em que o irmão de Florbela a visitou em Lisboa, a série “Perdidamente Florbela” irá ser uma biografia no sentido clássico.

 

Florbela Espanca é um dos vultos mais importantes da poesia portuguesa do século XX. A sua história pode ser contada com ou sem escândalo, ou fascinação pelo escândalo, mas será sempre a história de uma mulher apaixonada e que apaixonou. Reinventou o conceito de ser poeta, hoje em dia indissociável da música dos Trovante que todos sabemos de cor, “E dizê-lo a toda a gente”. Esta série é o retrato íntimo de Florbela: Uma vida cheia de sofrimento, mas uma poesia que se eternizou pelo seu encanto nunca longe da sensualidade. Constam no elenco, Dalila Carmo, Ivo Canelas, Soraia Chaves, Albano Jerónimo, José Neves, Graciano Dias, Maria João Abreu, entre outros. A minissérie, realizada por Alves do Ó, é composta por três episódios, que irão ser transmitidos de 26 a 28 de dezembro, às 21H30.