Françoise Bertin

Morreu no passado domingo (26 outubro) aos 89 anos de idade a atriz francesa Françoise Bertin. Nascida em 1925, em Paris, Françoise Bertin começou por ser uma grande atriz de teatro, tendo participado em mais de quarenta peças. Com o tempo mudou-se para o cinema e para a televisão. Bertin teve a sua estreia no cinema em 1961, num dos filmes mais conhecidos do cineasta Alain Resnais, “Último Ano Em Marienbad“. Depois disso, a atriz viria a ter mais de cem participações, entre longas-metragens, curtas e séries televisivas. Da sua filmografia destacam-se as participações em filmes como: “Muriel ou o tempo de um regresso” (1963), Diário de Uma Criada de Quarto” (1964),A Guerra Acabou” (1966), “Quero Ir Para Casa” (1989), “É Sempre a Mesma Cantiga” (1997), “A Cativa” (2000) O Menino Nicolau” (2009) “Nome de Código: Paulette” (2012). Colaborou com cineastas como Luis Buñuel, Chantal Akerman e Claude Chabrol.

Depois de Alain Resnais (em março) e de Marie Dubois (em outubro), esta é mais outra grande perda para o cinema francês.