Lynn Shelton, realizadora, produtora, atriz e argumentista, morreu aos 54 anos de idade. A morte foi causada por uma doença de sangue que não lhe fora diagnosticada.

Shelton fez a sua carreira no cinema independente e tornou-se aclamada pela realização de episódios de várias séries de sucesso, tais como “Mad Men”, “Jess e os Rapazes”, “The Good Place”, “Fresh off the Boat e ainda nos mais recentes “The Morning Show” e, por último, em “Little Fires Everywhere”, na qual foi produtora executiva.

No cinema destacam-se o sucesso “Humpday – Deu Para o Torto” (2009), a comédia que arrecadou a Shelton prémios em festivais como o Deuville Film Festival e nos Film Independent Spirit Awards, e também outros indies, como “Entre Irmãs” (2011) e “Encalhados” (2014). O filme “Sword of Trust”, lançado o ano passado, acabou por se tornar a sua última longa-metragem.

Shelton nasceu em Oberlin, Ohio, e cresceu em Seattle. Estudou drama na Universidade de Washington e fotografia quando se mudou para Nova Iorque. Iniciou-se na indústria cinematográfica como editora, tendo também contribuído como operadora de câmara no já referido “Humpday”, e no departamento de som e cinematografia em curtas-metragens da sua autoria, atingindo o seu auge como argumentista, produtora e realizadora.