Morreu o ator Cândido Ferreira

candido-ferreira

Morreu esta quarta-feira, 5 de maio, o ator Cândido Ferreira, vítima de cancro, informou a TSF através do filho do ator.

Cândido, pai do realizador Ivo Ferreira, foi um dos fundadores do grupo de teatro O Bando, onde durante 12 anos foi ator, dramaturgo, encenador e produtor. Colaborou com várias companhias, entre elas o Teatro Experimental do Porto, a Cornucópia e os Artistas Unidos. Começou a sua carreira em França no Teatro Operário de Paris em 1971.

Na televisão participou em novelas, séries e telefilmes como “Conta-me Como Foi” (2011), “A Febre do Ouro Negro” (2001), “Até Amanhã, Camaradas” (2005). Fez também carreira no cinema, tendo-se estreado em 1980 com “Passagem ou a Meio Caminho”, de Jorge Silva Melo. Seguiu-se uma longa carreira com participações em papéis secundários em mais de 30 filmes, como “Os Canibais” (1988), de Manoel de Oliveira, “Adão e Eva” (1995), de Joaquim Leitão, “Camarate” (2001), de Luís Filipe Rocha, “Tabu” (2012), de Miguel Gomes, “Os Maias: Cenas da Vida Romântica” (2014), de João Botelho, e “A Herdade” (2019), de Tiago Guedes.

Participou ainda em três filmes realizados pelo filho Ivo Ferreira: “Águas Mil” (2009), “Cartas de Guerra” (2016) e “Hotel Império” (2018).

Skip to content