Michael-Lonsdale

Morreu o ator francês Michael Lonsdale

Morreu, nesta segunda-feira, 21 de setembro, o ator francês Michael Lonsdale, aos 89 anos, na sua casa em Paris, segundo avançou a imprensa francesa. Lonsdale era conhecido em particular pelos seus papéis em “O Nome da Rosa” (1986), “Dos Homens e dos Deuses” (2010) e “O Gebo e sombra” (2012), de Manoel de Oliveira.

Nascido a 24 de maio de 1931, Michael Lonsdale fez Teatro e iniciou-se no Cinema aos 25 anos, na comédia “Aconteceu em Aden” (1956), de Michel Boisrond. Ao longo da sua vasta carreira Lonsdale trabalhou em mais de 140 filmes, em vários países, dos quais se destacam: “O Diabo Desempregado” (1977), “A Passagem” (1979), “007 – Aventura no Espaço” (1979), “O Nome da Rosa” (1986), “Ronin” (1998), “Munique” (2005), “Os Fantasmas de Goya” (2006), “Cada Um o Seu Cinema” (2007), “Dos Homens e dos Deuses” (2010) e “O Gebo e a sombra” (2012).

Trabalhou com grandes realizadores como Alain Resnais, François Truffaut, Manoel de Oliveira, Steven Spielberg e Luis Buñuel. Michael Lonsdale recebeu o César (da Academia Francesa de Cinema) de Melhor Ator Secundário pelo filme “Dos Homens e dos Deuses” em 2011.