Morreu o ator José Boavida

Morreu o ator português José Boavida, esta terça-feira no Hospital Amadora-Sintra, onde estava há duas semanas em coma, na sequência de uma paragem cardiorrespiratória. O ator de 51 anos era sobretudo conhecido pelas suas interpretações em telenovelas e séries televisivas, como na famosa série da RTP1 “Bem-vindos a Beirais”, que ainda continua a emitir a última temporada, onde interpretava o mecânico Manuel Pedroso.

Ao longo de 30 anos de carreira trabalhou sobretudo em teatro, como ator e como encenador, e em televisão, de onde se destacam os trabalhos em “Morangos com Açúcar”, “Inspector Max”, “Doce Fugitiva”, “Mistura Fina” (na TVI), “Conta-me como Foi” (na RTP) e no documentário da SIC, “A hora da Liberdade”

Também trabalhou um pouco em cinema, nos filmes: “A Falha” (2000) de João Mário Grilo, “Capitães de Abril” (2000) de Maria de Medeiros, “Até Amanhã Camaradas” (2005) de Joaquim Leitão, “Contrato” (2009) de Nicolau Breyner, “Amália – O Filme” (2008) de Carlos Coelho da Silva, “A Vida Privada de Salazar” (2009) de Jorge Queiroga e O Grande Kilapy” (2012) de Zézé Gamboa.