Morreu o ator José Pinto, aos 95 anos

Jose-Pinto-Capitao-Falcao-2015 Jose-Pinto-Capitao-Falcao-2015
José Pinto em "Capitão Falcão" (2015), de João Leitão

Morreu o ator português José Pinto, aos 95 anos, “calmamente” em sua casa durante a noite de quinta-feira (15 de fevereiro), segundo anunciado na sua página de Facebook.

“É com grande pesar que anunciamos a morte do nosso José Pinto, tendo falecido calmamente em sua casa na passada noite. Aproveitemos este momento não apenas para lamentar esta triste notícia, como para celebrar a vida e obra de um Homem que sempre procurou dar o melhor de si aos outros, seja através do pequeno ou grande ecrã, teatro ou cara a cara com aqueles que lhe foram mais próximos. Para quem queira prestar uma última homenagem, o seu corpo estará em câmara ardente na Igreja do Candal em Vila Nova de Gaia a partir de hoje (16 de Fevereiro) às 14h00. O funeral realizar-se-á amanhã às 10 horas (17 de Fevereiro) no mesmo local.”, pode ler-se na nota publicada no Facebook.

Nascido a 15 de janeiro de 1929, em Vila Nova de Gaia, José Pinto teve uma longa carreira no grande e no pequeno ecrã, assim como teatro, onde trabalhou na Companhia de Teatro Seiva Trupe, no Porto. No cinema participou em mais de trinta filmes, entre longas e curtas-metragens. Trabalhou com Manoel de Oliveira em quatro filmes: “Vale Abraão” (1993), Viagem ao Princípio do Mundo” (1997), Inquietude” (1998) e Palavra e Utopia” (2000).

Participou também em filmes como “Terra Fria” (1992), de António Campos, A Sombra dos Abutres” (1998), de Leonel Vieira, “Jaime” (1999), de António-Pedro Vasconcelos, “O Delfim” (2002), de Fernando Lopes, “Aparelho Voador a Baixa Altitude” (2002), de Solveig Nordlund, “O Fascínio” (2003), de José Fonseca e Costa, “Coisa Ruim” (2006), de Tiago Guedes e Frederico Serra, “Capitão Falcão” (2015), de João Leitão. O seu último papel no cinema foi no filme “Raiva” (2018), de Sérgio Tréfaut, baseado no romance “Seara de Vento”, de Manuel da Fonseca.

Em 2016, a Academia Portuguesa de Cinema atribuiu-lhe o Prémio Sophia para Melhor Ator Secundário, pelo filme “Capitão Falcão”.

Na televisão, o ator participou em várias séries e novelas televisivas, incluindo “Conta-me Como Foi”, “A Lenda da Garça”, “Perfeito Coração” ou Até Amanhã, Camaradas”.

Skip to content