Wilford-Brimley

Morreu o ator Wilford Brimley

Morreu este sábado (1 de agosto) o ator norte-americano Wilford Brimley, aos 85 anos, famoso pelos seus trabalhos em clássicos de culto como “Veio do Outro Mundo” (1982), “Um Homem Fora de Série” (1984) e “Cocoon – A Aventura dos Corais Perdidos”. Segundo a sua agente, Lynda Bensky, Wilford estava doente com um problema nos rins há dois meses.

Nascido em 1934, Wilford iniciou a sua carreira de ator na década de 1970 com várias participações em séries televisivas, tendo-se destacado em “The Waltons”.

No cinema começou a destacar-se com papéis secundários como “O Sindroma da China” (1979), de James Bridges, “O Cowboy Eléctrico” (1979), de Sydney Pollack, e “Fronteira Sangrenta” (1980), de Jerrold Freedman.

Nos anos 80, destacou-se na ficção científica em filmes de culto como “Veio do Outro Mundo” (1982), de John Carpenter, “Um Homem Fora de Série” (1984), de Barry Levinson, e “Cocoon – A Aventura dos Corais Perdidos” (1985), de Ron Howard,

Com mais de 50 filmes no seu currículo, destacou-se também em “Remo, Desarmado e Perigoso” (1985), de Guy Hamilton, “Acto de Vingança” (1986), de John Mackenzie, “Perseguição Sem Tréguas” (1993), de John Woo, “A Firma” (1993), de Sydney Pollack, e Politicamente… Incorrecto!” (1996), de Peter Segal.