© Terratreme Filmes

“No Táxi do Jack” de Susana Nobre estreia nas salas de cinema

No Táxi do Jack, o mais recente trabalho da realizadora portuguesa Susana Nobre estreia nas salas de cinema portuguesas a 28 de abril, depois de ter sido premiado com o mais importante galardão no Festival IndieLisboa 2021. Precisamente no mesmo dia em que arranca a edição de 2022 do Festival IndieLisboa, o filme chega finalmente às salas de cinema nacionais com distribuição da Terratreme Filmes.

© Terratreme Filmes

Neste filme somos guiados por Joaquim Calçada, um ex-emigrante de 63 anos, que apesar de estar quase na reforma, se vê obrigado a cumprir as regras do centro de emprego, para usufruir do subsídio de desemprego. Joaquim relata as memórias da sua antiga vida de emigrante em Nova Iorque, onde trabalhava como taxista.

Depois de ter tido estreia mundial na Berlinale 2021, do seu percurso em mais de 25 festivais nacionais e internacionais e de ter arrecadado 4 prémios entre eles a Melhor Longa-Metragem Portuguesa no IndieLisboa 2021 e o Prémio de Imprensa CISION no Caminhos do Cinema Português, No Táxi do Jack é um road-movie, que, em vez de nos levar numa estrada e nas suas diferentes paragens, leva-nos à história de vida de Joaquim, que em Nova Iorque todos tratavam por Jack.

(Re)leia a nossa crítica o filme: “«No Táxi do Jack» – Ligação expresso de Nova Iorque a Vila Franca de Xira“.

Sinopse: Com 63 anos, e quase a refomar-se, Joaquim vê-se a ter de cumprir as regras do centro de emprego para poder usufruir do subsídio de desemprego. Apesar de saber que não voltará mais à vida activa, Joaquim tem de andar de empresa em empresa a pedir carimbos a atestar que ali esteve à procura de trabalho. Nestas viagens rememora a sua vida de emigrante na América onde trabalhou como taxista, em Nova Iorque, e assistiu às diversas quedas da bolsa de Wall Street.

Skip to content