​A tendência dos últimos anos é clara: para muitos portugueses, a sala de cinema foi substituída pela sala de estar, e o ecrã gigante pelos canais de televisão ou serviços de streaming. A NOS, que se denomina como “líder no entretenimento para todo o mercado e em todos os ecrãs”, não ficou indiferente a esta tendência e apresentou esta terça-feira um novo canal dedicado exclusivamente ao cinema: o NOS Studios, um canal exclusivo para os clientes da operadora. O canal estará disponível a partir de hoje pelas 21h15 (estreando com o premiado em Óscares “A Hora Mais Negra”) e será grátis durante um mês, continuando gratuito depois desse mês para clientes UMA e de outros segmentos.

​Ao contrário de canais como o Hollywood, aqui as estreias serão de filmes recentes (com exibição no canal cerca de um ano depois da estreia em sala). Com estúdios parceiros como Disney, Universal, Warner, FOX e MGM a programação será variada e foram também anunciados na programação vários filmes vencedores de Óscares em 2018 (como “A Forma da Água” e “Eu, Tonya”). Juntamente com o canal virá a aplicação NOS Studios +, que permitirá visualizar filmes exibidos no canal de uma forma não linear.

​Haverão também alturas temáticas de todos os tipos: desde as manhãs dos fins de semana e feriados para os filmes de animação, passando pelas tardes e noites de sábado dedicadas ao drama, comédia e romance, e acabando nas tardes e noites de domingo focadas na ação, aventura e thrillers, a operadora comprometeu-se a oferecer uma programação com momentos para todos os membros da família. Foram ainda anunciadas noites temáticas, sendo duas delas no primeiro mês de canal dedicadas aos mais recentes sucessos do cinema português, talvez uma tentativa de inverter a tendência decrescente no mercado de cinema nacional que foi discutida na 4.ª edição dos Encontros do Cinema Português.

​O NOS Studios (apresentado como “o canal dos grandes filmes”) é, então, mais um avanço nas tendências caseiras de visualização de filmes, cada vez mais comum no quotidiano apressado da sociedade atual, sendo mais uma forte fonte de concorrência no mercado dos canais premium e serviços de streaming que cada vez chamam mais clientes.