Óscares 2015: As nossas previsões

Óscares: As nossas previsões

A uma semana da grande noite de Hollywood, a cerimónia de entrega dos prémios da Academia norte-americana de Artes e Ciências Cinematográficas, o Cinema 7ª Arte faz as suas previsões para os possíveis vencedores da 87ª edição dos Óscares, que se realiza a 22 de fevereiro. Este será mais um ano sem um grande vencedor, mas sim vários vencedores. Assim, achamos que “Boyhood” irá vencer três Óscares (Melhor Filme, Melhor Atriz Secundária e Melhor Montagem), tal como “Grand Budapest Hotel” irá vencer três Óscares, mas em categorias técnicas (Melhor Argumento Original, Melhor Design de Produção e Melhor Guarda-Roupa). Quanto a “Birdman” achamos que irá vencer dois Óscares (Melhor Realizador e Melhor Fotografia).

No entanto, tudo isto é muito incerto. Se desde o início da temporada de prémios “Boyhood” era apontado como o favorito a vencer os Óscares, nas últimas semanas “Birdman” tem-se destacado mais, tirando o lugar de favoritismo a “Boyhood”. Se os Sindicatos das várias áreas tiverem razão, “Birdman” será então o grande vencedor na noite de 22 de fevereiro. “Birdman” levou o prémio de Melhor Filme nos Producers Guild Awards (PGA) e o de Melhor Realizador de Filme de Ficção nos Directors Guild of America (DGA), deixando “Boyhood” como o grande derrotado. No entanto, achamos que mesmo assim “Boyhood” tem fortes possibilidades de vencer a categoria de Melhor Filme do Ano, contrariando a tendência dos últimos anos, de que quem ganha o PGA, ganha o Óscar de Melhor Filme.

Já nos Screen Actors Guild Awards (SAGA), o prémio de Melhor Ator foi para Eddie Redmayne, pelo seu desempenho em “A Teoria de Tudo” e o prémio de Melhor Atriz foi para Julianne Moore, em “O Meu Nome é Alice” (à sua quinta nomeação pode finalmente vencer o Óscar). Nas categorias de interpretação dificilmente deverá haver surpresas, no entanto, a única surpresa que poderá surgir é na categoria de Melhor Ator, com Michael Keaton (em “Birdman”) a ser um forte concorrente e um possível vencedor.

Na categoria de Melhor Filme de Animação, apostamos em “Como Treinares o Teu Dragão 2” e na de Melhor Filme Estrangeiro, apostamos em “Ida”, da Polónia. Ambas as categorias garantem forte probabilidade de estar correctas.

Assim, pelas nossas conclusões, os filmes que levam para casa menos óscares são: “O Jogo da Imitação” (1 Óscar), “Os Guardiões da Galáxia” (1 Óscar), “Interstellar” (1 Óscar), “A Teoria de Tudo” (2 Óscares), “Sniper Americano” (2 Óscares). As categorias mais imprevisíveis para este ano são talvez a de Melhor Filme, Melhor Realizador e Melhor Ator. A 87ª edição dos Óscares realiza-se a 22 de fevereiro no Dolby Theatre, em Los Angeles, apresentada pelo ator Neil Patrick Harris.

Estas são as nossas apostas para 21 categorias, em 24.

Laranja – previsão correta

Vermelho – previsão errada

Verde – vencedor oficial em caso de previsão errada

Melhor Filme

American Sniper

Birdman

Boyhood

Grand Budapest Hotel

Imitation Game

Selma

Theory of Everything

Whiplash

Melhor Realizador

Birdman, de Alejandro G. Iñárritu

Boyhood, de Richard Linklater

Foxcatcher, de Bennett Miller

The Grand Budapest Hotel, de Wes Anderson

The Imitation Game, de Morten Tyldum

Melhor Ator

Steve Carell, em Foxcatcher

Bradley Cooper, em American Sniper

Benedict Cumberbatch, em The Imitation Game

Michael Keaton, em Birdman

Eddie Redmayne, em The Theory of Everything

Melhor Atriz

Marion Cotillard, em Two Days, One Night

Felicity Jones, em The Theory of Everything

Julianne Moore, em Still Alice

Rosamund Pike, em Gone Girl

Reese Witherspoon, em Wild

Melhor Ator Secundário

Robert Duvall, em The Judge

Ethan Hawke, em Boyhood

Edward Norton, em Birdman

Mark Ruffalo, em Foxcatcher

J.K. Simmons, em Whiplash

Melhor Atriz Secundária

Patricia Arquette, em Boyhood

Laura Dern, em Wild

Keira Knightley, em The Imitation Game

Emma Stone, em Birdman

Meryl Streep, em Into the Woods

Melhor Argumento Original

Birdman

Boyhood

Foxcatcher

The Grand Budapest Hotel

Nightcrawler

Melhor Argumento Adaptado

American Sniper

The Imitation Game

Inherent Vice

The Theory of Everything

Whiplash

Melhor Filme de Animação

Big Hero 6

The Boxtrolls

Song of the Sea

The Tale of Princess Kaguya

How to Train Your Dragon 2

Melhor Filme Estrangeiro

Ida (Polónia)

Leviathan (Rússia)

Tangerinas (Estónia)

Timbuktu (Mauritania)

Wild Tales (Argentina)

Melhor Documentário

CitizenFour, de Laura Poitras, Mathilde Bonnefoy e Dirk Wilutzky

Finding Vivian Maier, de John Maloof e Charlie Siskel

Last Days in Vietnam, de Rory Kennedy e Keven McAlester

The Salt of the Earth, de Wim Wenders, Juliano Ribeiro Salgado e David Rosier

Virunga, de Orlando von Einsiedel e Joanna Natasegara

Melhor Design de Produção

The Grand Budapest Hotel

The Imitation Game

Interstellar

Into the Woods

Mr. Turner

Melhor Fotografia

Birdman

The Grand Budapest Hotel

Ida

Mr. Turner

Unbroken

Melhor Guarda-Roupa

The Grand Budapest Hotel

Inherent Vice

Into the Woods

Maleficent

Mr. Turner

Melhor Montagem

American Sniper

Boyhood

The Grand Budapest Hotel

The Imitation Game

Whiplash

Melhor Maquilhagem e Cabelo

Foxcatcher

The Grand Budapest Hotel

Guardians of the Galaxy

Melhor Banda Sonora Original

The Grand Budapest Hotel, por Alexandre Desplat

The Imitation Game, por Alexandre Desplat

Interstellar, por Hans Zimmer

Mr. Turner, por Gary Yershon

The Theory of Everything, por Jóhann Jóhannsson

Melhor Canção Original

“Everything Is Awesome” de The Lego Movie, por Shawn Patterson

“Glory” de Selma, por John Stephens e Lonnie Lynn

“Grateful” de Beyond the Lights, por Diane Warren

“I’m Not Gonna Miss You” de Glen Campbell…I’ll Be Me, por Glen Campbell e Julian Raymond

“Lost Stars” de Begin Again, por Gregg Alexander e Danielle Brisebois

Melhor Edição de Som

American Sniper

Birdman

The Hobbit: The Battle of the Five Armies

Interstellar

Unbroken

Melhor Mistura de Som

American Sniper

Birdman

Interstellar

Unbroken

Whiplash

Melhores Efeitos Visuais

Captain America: The Winter Soldier

Dawn of the Planet of the Apes

Guardians of the Galaxy

Interstellar

X-Men: Days of Future Past

Melhor Curta de Animação

The Bigger Picturem, de Daisy Jacobs e Christopher Hees

The Dam Keeper, de Robert Kondo and Dice Tsutsumi

Feast, de Patrick Osborne and Kristina Reed

Me and My Moulton, de Torill Kove

A Single Life, de Joris Oprins

Melhor Curta Live-Action

Aya, de Oded Binnun e Mihal Brezis

Boogaloo and Graham, de Michael Lennox e Ronan Blaney

Butter Lamp (La Lampe Au Beurre De Yak), de Hu Wei e Julien Féret

Parvaneh, de Talkhon Hamzavi e Stefan Eichenberger

The Phone Call, de Mat Kirkby e James Lucas

Melhor Curta Documental

Crisis Hotline: Veterans Press 1, de Ellen Goosenberg Kent e Dana Perry

Joanna, de Aneta Kopacz

Our Curse, de Tomasz Sliwinski e Maciej Slesicki

The Reaper (La Parka), de Gabriel Serra Arguello

White Earth, de J. Christian Jensen