A uma semana da grande noite de Hollywood, a cerimónia de entrega dos prémios da Academia norte-americana de Artes e Ciências Cinematográficas, o Cinema 7ª Arte faz as suas previsões para os possíveis vencedores da 88ª edição dos Óscares, que se realiza a 28 de fevereiro. Consideramos que “The Revenant: O Renascido” irá vencer sete Óscares (Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Ator, Melhor Fotografia, Melhor Maquilhagem e Cabelo, Melhor Mistura de Som e Melhor Edição de Som) e “Mad Max: Estrada da Fúria” irá vencer quatro Óscares técnicos (Melhor Design de Produção, Melhor Guarda-Roupa, Melhor Montagem e Melhores Efeitos Especiais). Consideramos que os seguintes filmes irão conquistar apenas um Óscar: “Quarto” (Melhor Atriz), “Creed: O Legado de Rocky” (Melhor Ator Secundário), “A Rapariga Dinamarquesa” (Melhor Atriz Secundária), “O Caso Spotlight” (Melhor Argumento Original) e “A Queda de Wall Street” (Melhor Argumento Adaptado).

A categoria de Melhor Filme é normalmente a mais difícil de prever o vencedor. “Mad Max: Estrada da Fúria”, “The Revenant: O Renascido”, “O Caso Spotlight” e “A Queda de Wall Street” são os quatro claros favoritos, de uma lista de oito nomeados. No entanto, destes quatro há um que se destaca mais, “The Revenant: O Renascido”, do mexicano Alejandro G. Iñárritu. Apesar de em 2015 o vencedor do Óscar de Melhor Filme ter sido “Birdman”, realizado também por Iñárritu, consideramos que a Academia irá este ano premiar, novamente, o filme do mexicano. Mas tudo isto é muito incerto, tendo em conta que “O Caso Spotlight” é um sério candidato e que “A Queda de Wall Street” foi o último candidato a entrar na corrida ao óscar e tem-se vindo afirmar como o favorito nas últimas semanas. “A Queda de Wall Street” surpreendeu todos ao vencer o prémio de Melhor Filme nos Producers Guild Awards 2016 (PGA). Note-se que desde 2007, quem triunfou nos PGA conquistou também o Óscar de Melhor Filme. Ou seja, é possível que este ano a tendência mude e que “The Revenant: O Renascido” triunfe nos Óscares.

Na categoria de Melhor Realizador, George Miller e Alejandro G. Iñárritu são os favoritos a vencer nesta categoria. O primeiro, com “Mad Max: Estrada da Fúria”, por ser o mais experiente realizador dos restantes nomeados e por ter sido o que mais prémios conquistou durante a temporada de prémios 2015/2016 é um forte candidato. Já o segundo, Iñárritu venceu este óscar em 2015 por “Birdman” e a probabilidade de voltar a ganhar nesta categoria de forma seguida é muito pouco provável. No entanto, Iñárritu fez história ao vencer o prémio de Melhor Realizador nos prémios Directors Guild of America (DGA)o sindicato de realizadores norte-americanos, ao ser distinguido pela segunda vez consecutiva. O realizador mexicano, que tinha sido premiado por “Birdman” em 2015, é o primeiro realizador a ser distinguido duas vezes consecutivas nestes prémios. Na história dos óscares apenas dois realizadores conseguiram esse feito, John Ford (em 1941 e 1942) e Joseph L. Mankiewicz (em 1950 e 1951). Deste modo, consideramos que será Alejandro G. Iñárritu, por “The Revenant: O Renascio”, a levar o óscar de Melhor Realizador.

Quanto às categorias de interpretação, há mais certezas de quem poderá levar a estatueta dourada. Na categoria de Melhor Ator, achamos que é desta que Leonardo DiCaprio leva o Óscar, nesta que é a sua quarta nomeação. É nitidamente o favorito, tendo já triunfado nos Globos de Ouro e nos Actors Guild Awards. A sua interpretação realça bastante sofrimento na sua personagem de Hugh Glass, em “The Revenant”, o que deverá ser um ponto positivo para a Academia. DiCaprio tem no entanto um forte concorrente, Eddie Redmayne, por “A Rapariga Dinamarquesa”, que em 2015 venceu este Óscar em “A Teoria de Tudo”. Mas segundo o histórico de atores a vencerem este Óscar de forma consecutiva, revela que isso aconteceu apenas duas vezes, com Spencer Tracy (em 1938 e 1939) e com Tom Hanks (em 1994 e 1995).

Na categoria de Melhor Atriz, a favorita é a jovem e estreante Brie Lason, pela sua interpretação em “Quarto”. Desde o início da temporada de prémios que tem sido a mais premiada, tendo vencido o Globo de Ouro de Melhor Atriz em Drama e o Screen Actors Guild Awards de Melhor Atriz. É muito provável que a Academia premeie esta jovem que é nova na corrida aos Óscares, tendo aliás recebido muitos elogios pela sua interpretação dramática. Outra das favoritas é Cate Blanchett, em “Carol”, que começou por ser indicada como a favorita a vencer esta estatueta dourada, no entanto, ao longo da temporada de prémios essa tendência começou a inverter-se. Cate Blanchett é uma atriz com uma carreira bastante consagrada, tendo já vencido sido nomeada seis vezes e tendo ganho dois Óscares (de Melhor Atriz e de Melhor Atriz Secundária). Jennifer Lawrence recebe a sua quarta nomeação, desta vez pelo seu desempenho em “Joy”. Esta venceu um Óscar de Melhor Atriz em 2013, por “Guia para um Final Feliz”, pelo que este não deverá ser o ano de Lawrence. Saoirse Ronan, em “Brooklyn”, é a mais nova (21 anos) nomeada este ano a esta categoria. É muito pouco provável que a Academia a premeie este ano, pelo que a sua nomeação já será uma vitória. Por fim, a atriz inglesa Charlotte Rampling, em “45 Anos”, é a mais velha (com 70 anos) das restantes nomeadas. Esta veterana tem uma carreira longa, que iniciou nos anos 1960, mas que só este ano conseguiu a sua primeira nomeação ao Óscar de Melhor Atriz. Tudo indica que a Academia não a irá premiar, no entanto, poderá fazê-lo como símbolo de homenagem a uma vasta carreira.

Nas categorias secundárias de interpretação, consideramos que não há um claro vencedor em ambas as categorias. Na categoria de Melhor Ator Secundário, apostamos que Sylvester Stallone, em “Creed: O Legado de Rocky”, irá levar o Óscar. Trina e nove anos depois, Sylvester Stallone volta a ser nomeado pela mesma personagem que o consagrou (em 1977, por “Rocky”). Esta é uma grande oportunidade para a Academia premiar este veterano e muitas vezes pouco valorizado ator, que venceu este ano o Globo de Ouro de Melhor Ator Secundário. Por outro lado, o seu forte adversário é Mark Relance, em “A Ponte dos Espiões”, que tem recebido rasgados elogios por parte da crítica, tendo já recebido o BAFTA de Melhor Ator Secundário, entre outros prémios.

Na categoria de Melhor Atriz Secundária, a nossa aposta vai para a reveladora Alicia Vikander, em “A Rapariga Dinamarquesa”, tendo esta vencido os Screen Actors Guild Awards na categoria de Melhor Atriz Secundária. Nos últimos anos a Academia tem premiado atrizes revelação como foi o caso de Mo’Nique e Lupita Nyong’o, por exemplo. No entanto, outra das favoritas é a veterana Kate Winslet, vencedora de um Óscar de Melhor Atriz, recebe a sua sétima nomeação, desta vez por “Steve Jobs”. Kate venceu já dois importantes prémios nesta categoria, nos Globos de Ouro e nos BAFTA, pelo que será uma forte candidata a esta estatueta dourada.

Emmanuel Lubezki pode ser o primeiro diretor de fotografia a arrecadar o Óscar pelo terceiro ano consecutivo, depois das vitórias com “Gravidade” e “Birdman”, está nomeado com “The Revenant: O Renascido” este ano.

Na categoria de Melhor Filme de Animação, apostamos em “Divertida-Mente” e na de Melhor Filme Estrangeiro apostamos em “O Filho de Saul”, da Hungria. Ambas as categorias garantem forte probabilidade de estar correctas.

Estas são as nossas apostas para 21 categorias, em 24. A cerimónia da 88ª edição dos Óscares, apresentada por Chris Rock, realiza-se a 28 de fevereiro de 2016, no Dolby Theatre, com transmissão em directo para mais de 225 países.

Laranja – previsão correta

Vermelho – previsão errada

Verde – vencedor oficial em caso de previsão errada

Acabamos então com cerca de 72% das nossas previsões correctas.

Melhor Filme

The Big Short

Bridge of Spies

Brooklyn

Mad Max: Fury Road

The Martian

The Revenant

Room

Spotlight

Melhor Realizador

Adam McKary, por The Big Short

George Miller, por Mad Max: Fury Road

Alejandro G. Iñárritu, por The Revenant

Lenny Abrahamsson, por Room

Tom McCarthy, por Spotlight

Melhor Ator

Bryan Cranston, em Trumbo

Matt Damon, em The Martian

Leonardo DiCaprio, em The Revenant

Michael Fassbender, em Steve Jobs

Eddie Redmayne, em The Danish Girl

Melhor Atriz

Cate Blanchett, em Carol

Brie Lason, em Room

Jennifer Lawrence, em Joy

Charlotte Rampling, em 45 Years

Saoirse Ronan, em Brooklyn

Melhor Ator Secundário

Christian Bale, em The Big Short

Tom Hardy, em The Revenant

Mark Ruffalo, em Spotlight

Mark Relance, em Bridge of Spies

Sylvester Stallone, em Creed

Melhor Atriz Secundária

Jennifer Jason Leigh, em The Revenant

Rooney Mara, em Carol

Rachel McAdams, em Spotlight

Alicia Vikander, em The Danish Girl

Kate Winslet, em Steve Jobs

Melhor Argumento Original

Bridge of Spies

Straight Outta Compton

Inside Out

Ex Machina

Spotlight

Melhor Argumento Adaptado

The Big Short

Brooklyn

Carol

The Martian

Room

Melhor Filme de Animação

Anomalisa

Boy and the World

Inside Out

Shaun the Sheep Movie

When Marnie Was There

Melhor Filme Estrangeiro

Embarca of the Serpent (Colombia)

Mustang (França)

Son of Saul (Hungria)

Theeb (Jordânia)

A War (Dinamarca)

Melhor Documentário

Amy

Cartel Land

The Look of Silence

What Happened, Miss Simone?

Winter on Fire: Ukraine’s Fight for Freedom

Melhor Design de Produção

Bridge of Spies

The Danish Girl

Mad Max: Fury Road

The Martian

The Revenant

Melhor Fotografia

Carol

The Hateful Eight

Mad Max: Fury Road

The Revenant

Sicario

Melhor Guarda-Roupa

Carol

Cinderella

The Danish Girl

Mad Max: Fury Road

The Revenant

Melhor Montagem

The Big Short

Mad Max: Fury Road

The Revenant

Spotlight

Star Wars: The Force Awakens

Melhor Maquilhagem e Cabelo

Mad Max: Fury Road

The 100-Year-Old Man who climbed out the window and disappeared

The Revenant

Melhor Banda Sonora Original

Bridge of Spies

Carol

The Hateful Eight

Sicário

Star Wars: The Force Awakens

Melhor Canção Original

“Earned It”, de Fifty Shades of Grey

“Manta Ray”, de Racing Extinction

“Simple Song #3”, de Youth

“Til it Happens to you”, de The Hunting Ground

“Writing’s on the Wall”, de Spectre

Melhor Edição de Som

Mad Max: Fury Road

The Martian

The Revenant

Sicario

Star Wars: The Force Awakens

Melhor Mistura de Som

Bridge of Spies

Mad Max: Fury Road

The Martian

The Revenant

Star Wars: The Force Awakens

Melhores Efeitos Visuais

Ex Machina

Mad Max: Fury Road

The Martian

The Revenant

Star Wars: The Force Awakens