Academia norte-americana de Artes e Ciências Cinematográficas já revelou a lista dos nove filmes que estão pré-nomeados ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro. De um total de 92 países candidatos apenas ficaram nove, Chile, Alemanha, Hungria, Israel, Líbano, Rússia, Senegal e Suécia. O vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes 2017, “O Quadrado” do sueco Ruben Östlund é para já o favorito a conquistar o Óscar de melhor Filme Estrangeiro. A categoria de Melhor Filme Estrangeiro vai na sua 61ª edição, tendo esta sido criada em 1956 durante a 29ª edição dos Óscares.

Ficaram de fora da corrida filmes como “Happy End” de Michael Haneke (Áustria), Tom of Finland” de Dome Karukoski (Finlândia), “120 Batimentos por Minuto” de Robin Campillo (França), First They Killed My Father” de Angelina Jolie (Cambodja) e “São Jorge” (Portugal). Esta foi a 34ª vez que Portugal concorreu, continuando assim a ser o país que mais vezes submeteu filmes sem nunca ter sido nomeado para os Óscares. 

Esta lista de nove será reduzida para cinco nomeados finais, submetidos a votação de comités de convidados em Los Angeles, Nova Iorque e Londres. As nomeações serão reveladas a 23 de janeiro de 2018 e a cerimónia da 90ª edição dos Óscares será a 4 de março de 2018, no Dolby Theatre.

Alemanha – In the Fade, de Fatih Akin
Chile – A Fantastic Woman, de Sebastián Lelio
Hungria – On Body and Soul, de Ildikó Enyedi
Israel – Foxtrot, de Samuel Maoz
Líbano – The Insult, de Ziad Doueiri
Rússia – Loveless, de Andrey Zvyagintsev
Senegal – Félicité, de Alain Gomis
Suécia – The Square, de Ruben Östlund