Segundo avançou a Variety, a transmissão televisiva de 200 minutos do canal ABC, da 91.ª cerimónia dos Óscares foi vista por cerca de 29,6 milhões de espectadores. Ou seja, as audiências aumentaram 14% em relação aos 26,5 milhões de telespectadores da edição de 2018, que registou os piores resultados de audiências de sempre.

Parece que a cerimónia sem anfitrião acabou por resultar melhor do que se estava à espera. Depois de tantas polémicas à volta da Academia, na forma como queria reestruturar a cerimónia dos Óscares, com menos categorias, com menos duração, com uma nova categoria (o Óscar de “Melhor Filme Popular”) e com a polémica de Kevin Hart, tudo isto terá levado a criar um hype à volta daquela que foi uma das cerimónias mais incertas dos últimos anos.

A atuação dos Queen e Adam Lambert (na abertura da cerimónia) e de Lady Gaga e Bradley Cooper (juntos cantaram o tema Shallow), protagonizaram alguns dos momentos mais marcantes da 91.ª edição. Lady Gaga venceu na categoria de Melhor Canção.

“Bohemian Rhapsody” conquistou quatro estatuetas douradas, mas foi “Green Book – Um Guia Para a Vida”, de Peter Farrelly, para surpresa de todos, que venceu o Óscar de Melhor Filme, assim como os de Melhor Argumento Original e o de Melhor Ator Secundário. “Roma”, o favorito da noite, acabou por vencer nas categorias de Melhor Realizador, Melhor Fotografia e Melhor Filme Estrangeiro.

Curiosamente, nunca antes uma edição dos Óscares galardoou tantos negros (Mahershala Ali, Spike Lee, Regina King, Peter Ramsey, Ruth Carter, Hannah Beachler, e Kevin Willmott), quebrando o recorde estabelecido em 2017. A 91.ª edição entregou sete Óscares a vencedores negros em seis categorias.

2019 – 29,6 milhões (sem apresentador)
2018 – 26,5 milhões (apresentado por Jimmy Kimmel)
2017 – 32,9 milhões (apresentado por Jimmy Kimmel)
2016 – 34,3 milhões (apresentado por Chris Rock)
2015 – 37,3 milhões (apresentado por Neil Patrick Harris)
2014 – 43,7 milhões (apresentado por Ellen DeGeneres)
2013 – 40,3 milhões (apresentado por Seth MacFarlane)
2012 – 39,3 milhões (apresentado por Billy Crystal)
2011 – 37,9 milhões (apresentado por Anne Hathaway/James Franco)
2010 – 41,3 milhões (apresentado por Steve Martin/Alec Baldwin)
2009 – 36,9 milhões (apresentado por Hugh Jackman)