A Academia Brasileira de Cinema escolheu “O Grande Circo Místico”, do realizador brasileiro Cacá Diegues (Carlos Diegues), para representar o Brasil na categoria de Melhor Filme Estrangeiro para os Óscares 2019.

O filme, inteiramente rodado em Portugal e co-produzido pela Fado Filmes, conta com a participação dos portugueses Nuno Lopes, Luísa Cruz e Albano Jerónimo, entre outros, e também de conhecidos atores brasileiros como António Fagundes, Vincent Cassel e Mariana Ximenes. Esta co-produção Luso-Brasileira estreia em Portugal a 3 de janeiro de 2019.

“O Grande Circo Místico” conta a história de cinco gerações de uma mesma família circense. Da inauguração do Grande Circo Místico em 1910 aos dias de hoje, acompanha-se, através de Celavi, o mestre de cerimónias que nunca envelhece, as aventuras e os amores dos Kieps, do apogeu à decadência, até ao surpreendente final, num filme em que realidade e fantasia se encontram num universo místico.

“O Grande Circo Místico” junta-se assim à lista de candidatos na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, na qual Portugal será representado por “Peregrinação”, de João Botelho. Os nomeados são revelados a 22 de janeiro, e a 91.ª Gala de entrega dos Óscares está agendada para o dia 24 de fevereiro de 2019 em Los Angeles.