Óscares 2023: Jimmy Kimmel regressa como apresentador da cerimónia

Academia de Artes e Ciências Cinematográficas norte-americana anunciou hoje (07), que após cinco anos, Jimmy Kimmel regressa pela terceira vez como apresentador na 95.ª edição dos Óscares, a realizar-se a 12 de março de 2023, no Dolby Theatre.

Isso mesmo, Kimmel será novamente o anfitrião da noite mais aguardada e celebrada da sétima arte. O regresso foi anunciado por Glenn Weis e Ricky Kirshner, os produtores executivos e showrunners por trás do prémio.

Nessa perspectiva, recordamos que, Kimmel comandou anteriormente as edições de 2017 e 2018, a primeira das quais produziu o famoso erro de melhor filme de “La La Land” e “Moonlight”.

Kimmel foi o último apresentador fixo (nas cerimónias de 2017 e 2018). Já no ano de 2020, em que foi instalado o formato sem apresentadores fixos, o Óscar registrou um aumento de audiência, atingindo 29.56 milhões de pessoas. Por outro lado, o índice caiu com a repetição do esquema, em 2020 (23.64 milhões), e desabaram em 2021 (10.4 milhões).

Variety ressalva que a edição de 2022 apresentada por Amy Schumer, Wanda Sykes e Regina Hall, teve uma média de 16,6 milhões de espectadores – uma recuperação do recorde de baixa do ano anterior, mas ainda uma das cerimónias com a classificação mais baixa de todos os tempos. Os Óscares anteriores de Kimmel, em 2018, tiveram uma média de 26,5 milhões de espectadores.

Amy Schumer, Wanda Sykes e Regina Hall (2022) | Reprodução: Yahoo

Numericamente, agora, Kimmel faz parte do clube seleto de apresentadores com mais de uma edição apresentada. Feito realizado por Jerry Lewis, Steve Martin, Conrad Nagel e David Niven. Entretanto, como recorda a revista americana Variety, as únicas pessoas com mais edições apresentadas, são: Whoopi Goldberg e Jack Lemmon (4), Johnny Carson (5), Billy Crystal (9) e Bob Hope (11), respectivamente.

Na última década a cerimónia dos Óscares teve como anfitriões: Amy Schumer, Wanda Sykes e Regina Hall (2022), Jimmy Kimmel (2017 e 2018), Chris Rock (2016), Neil Patrick Harris (2015), Ellen DeGeneres (2014), Seth MacFarlane (2013), Billy Crystal (um veterano que regressou pela nona vez em 2012), James Franco e Anne Hathaway (2011) e Steve Martin e Alec Baldwin (2010).

 

“Ser convidado para apresentar os Óscares pela terceira vez é uma grande honra ou uma armadilha”, disse Kimmel em comunicado. “De qualquer forma, sou grato à Academia por me perguntar tão rapidamente depois que todos os bons disseram não.”

 

Clayton Davis, da Variety, recorda que, casualmente (ou não) o regresso de Kimmel aos Óscares ocorre justamente após o apresentador renovar com ABC por pelo menos mais três anos, até a 23ª temporada do programa “Jimmy Kimmel Live”.

Não há informações oficiais sobre quem também pode ter sido abordado para a cerimónia. Mas, segundo fontes ligadas à Variety, os produtores procuraram o comediante Chris Rock, apresentador anterior que levou um tapa durante a transmissão do ano passado pelo eventual vencedor de melhor ator Will Smith.

Ao que parece, a dupla de produtores está tentando reconquistar os dias de glória da suntuosa premiação. Ao passo que a Academia espera que um rosto familiar como Kimmel, que ganhou notas sólidas por suas passagens como apresentador dos Óscares e do Emmy, seja o caminho mais seguro a seguir nesses tempos sombrios.

 

“Jimmy é o anfitrião perfeito para nos ajudar a reconhecer os incríveis artistas e filmes do nosso 95º Oscar”, disseram o CEO da Academia, Bill Kramer, e a presidente da Academia, Janet Yang, em um comunicado. 

 

Acrescentando Craig Erwich, presidente, ABC Entertainment, Hulu & Disney Branded Television Streaming Originals, disse:

 

“Ter Jimmy Kimmel de volta para apresentar ‘O Óscar’ é um sonho tornado realidade. Como vemos todas as noites em seu próprio programa, Jimmy pode lidar com qualquer coisa com coração e humor, e sabemos que ele entregará as risadas e os momentos comemorativos que definem o Óscar”. 

 

Os membros votarão na lista de filmes deste ano de 12 a 17 de janeiro, com as indicações oficiais sendo anunciadas em 24 de janeiro. A entrega dos prémios realiza-se a 12 de março.

Skip to content