Porto/Post/Doc_1

Ainda não se sabe muito acerca deste novo festival de cinema no Porto, mas é já uma certeza de que se irá concretizar este ano. O Porto/Post/Doc é o nome do novo festival de cinema, dedicado ao documentário e às suas ramificações. O Post Doc: Film & Media Festival decorrerá entre os dias 4 e 13 de dezembro em várias salas de cinema do centro da cidade.

O Post Doc traz à cidade um festival de cinema de grande público, dedicado a um género da maior relevância na história do cinema e na contemporaneidade — o documentário divulga ideais, traduz o quotidiano, regista acontecimentos, forma e valoriza os indivíduos, muda mentalidades. A cidade do Porto, outrora um dos grandes focos de produção e exibição de cinema (nomeadamente documentário), actualmente quase não possui ligação à sétima arte. É fundamental voltar a levar os habitantes aos cinemas, reeducar e dinamizar públicos, mudar hábitos. O Porto merece ter cinema e o cinema merece estar presente no Porto.”

O festival propõe-se desafiar as regras: não haverá “público” mas sim “participantes”. Para além de uma programação vasta e variada (serão exibidas quase uma centena de longas metragens de documentário), ao longo do ano existirão várias actividades e produções. Desta forma cruzar-se-ão abordagens e universos, para criar um “público” diversificado e interessado que revitalizará o hábito de ver e fazer cinema na cidade.”

O Porto/Post/Doc arranca primeiro na baixa a 30 de maio, com a iniciativa Há Filmes na Baixa!”, que pretende exibir regularmente filmes na cidade, todos os domingos às 21h30. Para a estreia desta iniciativa esta agendada a projecção do novo documentário de Gonçalo Tocha, “A Mãe e o Mar”, no Passos Manuel. O filme que conta a história das mulheres “pescadeiras” da praia de Vila Chã foi apresentado na 21.ª edição do Curtas Vila do Conde, e teve a sua estreia além-fronteiras no Festival Internacional de Cinema de Roma. Recebeu o prémio de Melhor Longa-Metragem na competição portuguesa no DocLisboa 2013 e já integrou festivais internacionais desde a Argentina, a Dinamarca e o Canadá.

Está também já agendada a segunda sessão da iniciativa, com a projecção do filme “Costa da Morte”, de Lois Patiño (vencedor em Locarno, Jeonju, Annecy entre outros), para o dia 15 e junho, às 21h30, no Passos Manuel.

Este é um projecto que pretende crescer na cidade e tornar-se numa referência dos festivais nacionais. O cinema do real vai ter assim um novo espaço cultural na cidade.

"A Mãe e o Mar" (2014)_1

“O Porto está cheio de histórias para contar.

O Porto está cheio de cartas para escrever.

O Porto está cheio de documentários para ver.

O Porto está cheio de vidas para filmar.

O Porto está cheio de filmes para mostrar.

Aqui e agora.”

Facebook Oficial

Site