Academia Portuguesa de Cinema divulgou os vencedores aos Prémios Sophia Estudante 2018, nas categorias de Ficção, Documentário, Animação, Experimental e Cartaz. “Tomorrow Island”, de Gwenn Joyaux, “Um Homem não é um homem só”, de Alberto Seixas, “O Chapéu”, de Alexandra Allen, “Memoriam”, de Andreia Pereira e Rita Manso, e “Bruma”, de Mónica Correia, venceram nas respectivas categorias. Pelo segundo ano consecutivo a ESMAD (Escola superior de media artes e design) volta a ser a escola a com mais curtas vencedoras, totalizando quatro prémios, sendo que dois filmes ficaram em primeiro lugar.

Ficção
1º Lugar – “Tomorrow Island” de Gwenn Joyaux, da ULHT – Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.
2º Lugar – “Sputnik” de Miguel Magalhães, da Escola das Artes UCP
3º Lugar – “Ruptura” de Gonçalo Santos, da ESMAD I Escola Superior de Media Artes e Design

Animação
1º Lugar – “O Chapéu” de Alexandra Allen, da Escola Superior de Design IPCA.
2º Lugar – “Harden Edges” de José Carlos Morais, do Escola Superior de Design IPCA
3º Lugar – “Bruma” de Sofia Cachim, Daniela Santos, Gabriel Peixoto e Mónica Correia, da Escola das Artes UCP

Experimental
1º Lugar – “Memoriam” de Andreia Pereira e Rita Manso, da ESMAD I Escola Superior de Media Artes e Design
2º Lugar – “Aurora” de Lourenço Vaz e Rita Isaúl, da ETIC
3º Lugar – “No Fim do mar” de João Monteiro, da ESAP

Documentário
1º Lugar – “Um Homem não é um homem só” de Alberto Seixas, da ESMAD I Escola Superior de Media Artes e Design
2º Lugar – “After the Fire” de Ahsan Mahmood, da ULHT – Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
3º Lugar – “Terra Ardida” de Francisco Romão, da ETIC

Cartaz
1º Lugar – “Bruma” de Mónica Correia, da Escola das Artes UCP
2 º Lugar – “Um Homem não é um Homem Só” de Sara Gonçalves, da ESMAD I Escola Superior de Media Artes e Design
3º Lugar – “Flor de Lótus” da Maria Clara Norbach da Universidade da Beira Interior – UBI