Primeiros filmes a cores datam de 1902

O National Media Museum e o British Film Institute trabalharam em conjunto de forma a reconstruir e digitalizar algumas obras filmográficas de Edward Raymond Turner e Frederick Lee datadas de 1901.

 

Os filmes foram filmados por uma câmara desenvolvida pelo engenheiro Alfred Darling e depois passaram por um processo químico a três cores, no entanto na altura foram considerados um fracasso devido a problemas com o projector desenhado para o processo e apenas nos dias de hoje, passados mais de 100 anos é que os pedaços de película puderam ser observados tal e qual originalmente pretendidos. Estes pequenos filmes mostram objectos e animais coloridos como por exemplo uma uma arara, um peixe dentro de um aquário ou mesmo algumas imagens dos filhos de Turner a brincar com girassóis. Turner, que patenteou o seu processo de cor em 22 de março de 1899, parou o seu trabalho pioneiro abruptamente quando morreu repentinamente de um ataque cardíaco. Esta é já considerada uma das grandes descobertas do século XXI, para a história do cinema.

 

Os filmes irão estar em exposição no National Media Museum, juntamente com muitos outros pedaços da história do cinema britânico/mundial.