Arranca hoje a 21ª edição do Queer Lisboa – Festival Internacional de Cinema Queer, a decorrer até 23 de setembro, com a estreia nacional de “God’s Own Country”, a primeira longa-metragem do britânico Francis Lee. A sessão da noite de abertura decorre às 21h00, no Cinema São Jorge, na Sala Manoel de Oliveira. Josh O’ConnorAlec Secareanu e Gemma Jones protagonizam este drama, distinguido no Festival de Sundance.

Parcialmente inspirado na vida do realizador, “God’s Own Country” desenrola-se numa quinta do Yorkshire. “Johnny Saxby trabalha longas horas na fazenda remota da sua família, no norte da Inglaterra, completamente isolado. Ele entorpece a frustração diária da sua existência solitária bebendo consecutivamente no pub local e com sexo casual. Quando um belo trabalhador romeno chega para trabalhar temporariamente na fazenda da família, Johnny é obrigado a lidar com uma série de emoções que até então nunca tinha sentido. Forma-se uma relação intensa entre os dois que pode mudar a vida de Johnny para sempre.”

A edição 21 do Queer Lisboa conta com um total de 90 filmes, provenientes de 32 países, dos quais os EUA são o mais representado, com 21 filmes. A Alemanha e a França estão representados, em ex-aequo, com 12 filmes cada, seguindo-se o Brasil (mais uma vez em destaque), com 10 filmes. O festival encerrará com a exibição do muito aplaudido “Mãe Só Há Uma”, de Anna Muylaert, premiado na Berlinale em 2016.