“Revolução (Sem) Sangue” selecionado para representar Portugal nos Prémios Macondo

Os Prémios Macondo são atribuídos pela Academia Colombiana de Artes e Ciências Cinematográficas para homenagear o cinema colombiano.
"Revolução (Sem) Sangue" (2024) "Revolução (Sem) Sangue" (2024)

“Revolução (Sem) Sangue”, primeira longa-metragem de Rui Pedro Sousa, é o filme selecionado pela Academia Portuguesa de Cinema (APC) como candidato de Portugal à categoria Melhor Filme Ibero-americano – FIACINE nos Prémios Macondo.

Promovidos pela Academia Colombiana de Artes e Ciência Cinematográficas, a cerimónia de entrega dos Prémios Macondo acontece a 3 de novembro na cidade colombiana Bucaramanga, em Santander.

Estreado a 11 de abril, o filme que conta a história nunca antes contada dos mortos da Revolução do 25 de Abril de 1974, pelas mãos da PIDE/DGS, é até ao momento o filme português mais visto do ano, com 20.585 espectadores.

Baseado em factos reais, “Revolução Sem Sangue” conta a história de António Lage, Fernando Giesteira, Fernando Reis e João Arruda, os quatro jovens que perderam a vida na revolução que derrubou o Estado Novo. Tinham entre 18 e 38 anos e morreram alvejados pela PIDE/DGS, na Rua António Maria Cardoso, em Lisboa, sede da polícia política do Estado Novo.

Produzido pela Station e FilmesDaMente, em co-produção com Filmax e com distribuição Cinemundo e RTP, “Revolução (Sem) Sangue” conta com um elenco jovem, como Rafael Paes, Helena Caldeira, Diogo Fernandes, Lucas Dutra, Manuel Nabais, João Arrais, João Bettencourt, Luís Ganito, Catarina Siqueira, Luís Simões e João Amaral, entre outros.

Skip to content