James Erwin está a viver o sonho de Hollywood. Conhecido escritor das enciclopédias “Declarations of Independence: Encyclopedia of American Autonomous and Secessionist Movements” e  “Encyclopedia of Actions U. S. Militar” e vencedor de dois “Jeopardy”, vendeu os direitos do seu argumento a um dos maiores estúdios de Hollywood, a Warner Bros.

 

Tudo começou no site Reddit.com, uma rede social onde os usuários escrevem artigos e notícias, que são submetidas a votos para aparecerem na página principal. Erwin respondeu a uma pergunta que apareceu no Reddit: “What would happen if a modern Marine Expeditionary Unit traveled back in time to Ancient Rome?” (“O que é que acontecia se um grupo moderno de U.S. Marines viajasse no tempo, até ao Império Romano, durante o reinado de Augusto?”). James Erwin criou logo uma história, que foi ganhando forma e uma legião de fãs. Em poucas horas “Rome, Sweet Rome” ganhou bastante popularidade e tornou-se numa boa história, que já conta com banda sonora, cartazes e imagens, tudo criado pelos fãs desta história. Sabe-se que será uma mistura de “Gladiador” (2000) com “Cercados” (“Black Hawk Down“) (2001). Um dos aspetos mais interessantes desta história é que irá mostrar o enorme choque cultural entre Romanos (legionários disciplinados com catapultas, espadas e escudos) e soldados americanos do séc.XXI (um exército com helicópteros e armas de fogo avançada).

 

Adam Kolbrenner, produtor da Madhouse Entertainmen, contactou de imediato Erwin para comprar os direitos de adaptação cinematográfica, para a Warner Bros. O filme será produzido por Kolbrenner em colaboração com Gianni Nunnari de Hollywood Gang, John Ridley vai supervisionar o projeto para a empresa e Robyn Meisinger serão os produtores executivos. O filme encontra-se em fase de pré-produção, pelo que resta aos fãs esperarem pelo filme!

 

Facebook – Página Oficial