Swallow (2019) © Lanterna de Pedra

“Swallow”: drama sobre controlo do corpo da mulher chega aos cinemas nacionais

Escrito e realizado por Carlo Mirabella-Davis, “Swallow” (2019) chega às salas de cinema nacionais, a partir desta quinta-feira (dia 27).

Em declarações do realizador Carlo Mirabella-Davis pode ler-se: “Swallow foi inspirado na vida da minha avó, Edith Mirabella, uma dona de casa dos anos 40 presa a um casamento infeliz. Ela desenvolveu Transtorno Obsessivo Compulsivo e desempenhava rituais como lavar as mãos obsessivamente, acabou por ser internada no Instituto Neurológico Presbiteriano de Columbia pelo seu marido. Adquiri o relatório da minha avó no instituto em que esta fora internada, fiquei impressionado ao ver como estes rituais de TOC dão a sensação ao paciente da criação de ordem e controlo nas suas vidas. A minha avó engolia sabonetes e álcool desesperada por controlar a única coisa que tinha ao seu alcance, o asseio do seu corpo.

Swallow é um filme que examina as restrições dos papeis tradicionais de género. Fui criado numa família de feministas e fui ensinado que o feminismo deveria ser uma ideologia de todos porque defende a igualdade. Há muito tempo que sou fascinado pela aplicação das normas de género porque a minha própria expressão de género tem sido fluída ao longo da minha vida. Atualmente apresento-me como cisgenero, mas nos meus primeiros 20 anos de vida identifiquei-me como uma mulher, vestia roupas femininas e usava o nome de Emma Mirabella-Davis. Por já ter passado pela experiência de ser visto pelo mundo tanto como mulher, como por homem, consegui trazer uma perspectiva mais abrangente para escrever o papel de Hunter e, ao mesmo tempo, compreender o seu marido, Richie.”

Swallow (2019) © Lanterna de Pedra

O elenco conta com  Haley Bennett, Austin Stowell, Elizabeth Marvel, David Rasche e Denis O’Hare. Haley Bennett recebeu várias nomeações e prémios pelo seu desempenho, nomeadamente considerada a Melhor Actriz no Brooklyn Horror Film Festival (2019), no Tribeca Film Festival (2019) onde estreou mundialmente, e no Woodstock Film Festival (2019), para além das nomeações nos Critics Choice Super Awards (2021), e na Alliance of Women Film Journalists (2021), entre outros. Voltaremos a ter oportunidade de a ver no filme Cyrano, de Joe Wright, que estreia a 24 de fevereiro em Portugal.

Hunter (Haley Bennet) é uma mulher recentemente grávida cuja existência idílica toma um rumo alarmante quando esta desenvolve uma compulsão de ingestão de objectos perigosos. Conforme o seu marido (Austin Stowell) e a sua família aumentam o controle sobre a sua vida, Hunter é forçada a enfrentar o segredo obscuro por detrás da sua obsessão incontrolável.
O filme levanta questões provocativas sobre as expectativas impostas às mulheres, o controlo destas sobre os seus próprios corpos e os efeitos psicologicamente prejudiciais da cultura patriarcal, como anuncia a distribuidora Lanterna de Pedra.

Skip to content