“Terra de Ninguém” de Salomé Lamas chega aos cinemas em setembro

"Terra de Ninguém" (2012)_1

Depois de ter estreado no Doclisboa 2012 (onde aliás venceu quatro prémios: Prémio Restart para Melhor Longa Portuguesa, Prémio Jameson para Melhor Primeira Obra, Prémio do Publico para Melhor Longa Portuguesa e Prémio Liscont para Melhor Longa da Competição Nacional), ter passado por festivais como o Berlinale 2013, Cinéma du Réel, Olhar de Cinema – Festival de Curitiba, entre outros e ter sido exibido no Documentary Fortnight do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque, o documentário português “Terra de Ninguém” de Salomé Lamas estreia nas salas portuguesas no dia 19 de setembro.

 

Produzido pela produtora O Som e a Fúria, o documentário português dá-nos a conhecer Paulo de Figueiredo, um mercenário Português, que nos conta a história da sua vida. “Paulo oferece retratos sublimados das crueldades e paradoxos do poder assim como das revoluções que o depuseram, apenas para erguer novas burocracias, novas crueldades e paradoxos. O seu trabalho como mercenário encontra-se na franja destes dois mundos.”. Ninguém ficará indiferente ao discurso puro e cruel de Paulo, que conta a História de outra maneira. “Quanto é que vale a vida de um Homem? Que espécie de Homem? Homens como eu, ou Homens como eu?” pergunta Paulo.

 

“Terra de Ninguém” é um dos filmes nacionais mais aguardados do ano e tem estreia marcada para 19 de setembro.

 

"Terra de Ninguém" (2012) - poster