The Innocents de Eskil Vogt

“The Innocents”: filme de Eskil Vogt

Tem hoje, dia 15, ante-estreia no Festival LEFFEST, o filme “The Innocents“, do realizador Eskil Vogt. A sessão contará com a presença do realizador.

Eskil Vogt, um escritor e realizador norueguês. Realizou várias curtas-metragens premiadas, entre elas UNE ÉTREINTE, nomeada para os European Film Award, e LES ÉTRANGERS, que ganhou o Grande Prémio do Júri no Festival de Angers. Em 2014, realiza a sua primeira longa-metragem, BLIND, que lhe valeu elogios da crítica, e uma notável carreira em importantes festivais mundiais, com natural destaque para o Prémio de Melhor Argumento em Sundance. Paralelamente, Vogt é também reconhecido por ser co-argumentista de todos os filmes de Joachim Trier. Por isso, esteve duplamente nomeado para a Selecção Oficial de Cannes em 2021: como realizador de THE INNOCENTS, a sua segunda longa-metragem, apresentada na secção Un Certain Regard, e como co-argumentista de A PIOR PESSOA DO MUNDO, vencedor do Prémio Melhor Actriz na competição oficial.

Acerca da pergunta Fale-nos da ideia que deu origem ao título OS INOCENTES (?), o realizador afirmou: “[a]cho que as crianças estão além do bem e do mal. Ou, melhor dizendo, estão antes do bem e do mal. Mas não creio que as crianças sejam anjinhos, que as pessoas nasçam puras. Acho que as crianças nascem sem qualquer sentido de empatia ou princípios, nós temos de lhes ensinar isso. É por isso que acho interessante ver uma criança fazer algo que diríamos ser maléfico num adulto. O aspecto moral é mais complexo, uma vez que ainda não estão totalmente formadas. Li sobre um estudo de psicologia infantil em que uma criança espeta o dedo no olho de um animal. Não é, necessariamente, um sinal de perigo, as crianças fazem experiências quando são pequenas e a empatia desenvolve-se a ritmos diferentes. A moralidade começa com os nossos pais a dizerem o que é errado e o que é certo, mas um verdadeiro sentido de moralidade devia estar enraizado dentro de nós, é o que sentimos ser errado. E, para descobrirmos essa bússola moral interior, temos de fazer experiências, temos de transgredir o que os nossos pais nos dizem ser um comportamento aceitável. Para mim, foi importante que até a criança mais perigosa (no filme) não fosse uma criança má. Que todas mantivessem a sua humanidade.”

The Innocents © Distribuição Alambique

SINOPSE: Quatro crianças tornam-se amigas durante as férias de Verão. Fora da vista dos adultos, descobrem que têm poderes escondidos. Enquanto exploram as suas habilidades recém-descobertas em florestas e parques das proximidades, a brincadeira inocente sofre uma reviravolta sombria e coisas estranhas começam a suceder.

 

Espera-se a estreia nas salas de cinema nacionais no início do próximo ano de 2022.

 

Skip to content