Depois de ganhar o Directors Guild of America pela 2ª vez consecutiva, Alejandro González Iñárritu reforça o seu favoritismo para a corrida ao Óscar de melhor realizador. Filmado sob condições climatéricas extremas, o filme levou o seu realizador, juntamente com o seu diretor de fotografia, Emmanuel Lubezki, a um esforço quase sobre-humano para conseguirem terminar o filme. Os locais de rodagem passaram pelos recantos mais inóspitos do Canadá, Estados Unidos e da Argentina para contar a história inspirada pelos feitos verídicos do explorador estadunidense Hugh Glass.

Agora, já podemos saciar a nossa curiosidade sobre o processo de criação do épico de Iñárritu com o documentário de 45 minutos da Rausch Films.