Tom Hanks não tem dúvidas de que os cinemas vão sobreviver à pandemia

Numa entrevista à Collider sobre o filme “Notícias do Mundo” (2020), de Paul Greengrass, o ator Tom Hanks falou sobre o impacto que este ano teve no setor das salas de cinema e da subsequente mudança de muitos filmes estrearem diretamente em plataformas de streaming.

“Uma mudança radical era devida, de qualquer maneira. Estava a chegar”, disse Hanks. “Os cinemas ainda existirão? Com certeza que sim. De certa forma, acho que os exibidores – assim que as salas estiverem abertas – terão a liberdade de escolher quais filmes vão estrear”.

“Os blockbusters vão governar o dia nos cinemas”, disse Hanks. “’News of the World’ pode ser o último filme adulto sobre pessoas que dizem coisas interessantes que vão passar numa tela grande em algum lugar, porque depois disso, para garantir que as pessoas apareçam novamente, teremos o Universo Marvel e todos os tipos de franquias.”

“Mas a mudança radical trazida pelo COVID-19 tem sido um passo lento que demora em chegar. Acho que haverá uma quantidade enorme de filmes que só serão transmitidos em streaming, e acho que será bom vê-los dessa forma, porque eles serão realmente construídos e feitos para a TV widescreen muito boa de alguém em sua casa.”

Tom Hanks estreia-se no género do western em “Notícias do Mundo” (2020), um filme da Universal Pictures que estreou nos cinemas dos EUA no dia de Natal e que estreia em Portugal em 2021.

Com argumento adaptado do best-seller de Paulette Jiles e co-escrito por Greengrass e Luke Davies, a história passa-se 5 anos depois do fim da Guerra Civil Americana. O capitão Jefferson Kyle Kidd, um viúvo veterano da Guerra Civil, concorda contra sua vontade em levar uma menina, Johanna, levada pela tribo Kiowa, para os seus tios. Eles viajam centenas de quilómetros e enfrentam grandes perigos enquanto procuram um lugar a que possa chamar de lar.

“News of the World” conta ainda no elenco com Michael Covino, Fred Hechinger, Neil Sandilands, Thomas Francis Murphy, Mare Winningham, Elizabeth Marvel e Chukwudi Iwuji.

A entrevista completa pode ser vista no vídeo em baixo.