“Três Verões” estreia em Portugal

Da realizadora brasileira Sandra Kogut, estreia nas nossas salas o seu mais recente filme “Três Verões“.

A realizadora de “Um Passaporte Húngaro” (2001), “Mutum” (2007), e “Campo Grande” (2015), já tinha colaborado com a actriz Regina Casé, a protagonista deste seu novo filme, mas não em longas-metragens. Inquietada pelos escândalos de corrupção política do Brasil, nomeadamente o processo Lava Jato, Sandra Kogut questiona-se acerca da situação em que ficam as pessoas mais vulneráveis que servem as famílias ricas implicadas neste tipo de processos. Não é, portanto, de estranhar a escolha de Regina Casé para o papel principal, ela que já antes desempenhou o papel da empregada doméstica “Val” em “Que Horas Ela Volta?” (2015), realizado por Anna Muylaert.

Em “Três Verões“, Regina Casé desempenha a doméstica”Madá”, e através do seu olhar assistimos ao choque de classes no seio de uma família que se desmorona moralmente com a prisão do patrão “Edgar”.

A pandemia adiou a estreia deste filme nas salas de cinema brasileiras, que, em Março de 2020, se viram forçadas a encerrar. Na imprevisibilidade da sua reabertura, a distribuidora Vitrine optou pela estreia em televisão numa parceria com a Telecine, em Setembro do mesmo ano. A estreia internacional aconteceu no Festival de Toronto e, finalmente, chega a Portugal, pela distribuidora Nitrato Filmes, a estrear dia 12 de Agosto.

O filme conta com uma uma sessão especial de antestreia no Cinema Trindade, no Porto, a 8 de Agosto.

Skip to content