Veneza ’11: Os vencedores

Foram anunciados ontem os vencedores da 68ª edição do Festival de Cinema de Veneza, um dos mais importantes festivais de cinema na Europa, que contou com filmes bons filmes de alguns realizadores como Polanski, Cronenberg, Satrapi e McQueen.

 

O Leão de Ouro foi entregue a “Faust” do cineasta russo Alexander Sukurov, realizador de “A Arca Russa” (2002), encerrando a sua tetralogia do poder, composta por “Moloch” (1999), “Taurus” (2000) e “O Sol” (2004). Já o Leão de Prata de Melhor Realizador foi arrecadado por Shangjun Cai, pelo filme “People Mountain People Sea”. O prémio de Melhor Ator foi para o britânico Michael Fassbender por “Shame”, de Steve McQueen e o prémio de Melhor Atriz foi para a chinesa Deanie Yip por “A Simple Life” de Ann Hui.

 

Os filmes “Carnage” de Roman Polanski,  “4:44 Last Day on Earth” de Abel Ferrara, “A Dangerous Method” de David Cronenberg e “Poulet aux Prunes” de Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud, são alguns exemplos de filmes favoritos para esta edição que não venceram nenhum prémio. O filme português “Cisne” de Teresa Villaverde, também acabou por não receber nenhum prémio.

 

Palmarés da 68ª edição do Festival de Veneza

Leão de Ouro
“Faust” de Aleksandr Sokurov
Leão de Prata
“People Mountain People Sea” de Shangjun Cai
Prémio Especial do Júri
“Terraferma” de Emanuele Crialese
Prémio Coppa Volpi para Melhor Ator
Michael Fassbender por “Shame”
Prémio Coppa Volpi para Melhor Atriz
Deanie Yip por “A Simple Life”
Prémio Marcelo Mastroianni (Melhor Novo Ator ou Atriz)
“Shôta Sometani” e “Fumi Nikaidô em Himizu” de Sion Sono
Melhor Fotografia
Robbie Ryan por “Wuthering Heights”
Melhor Argumento
Yorgos Lanthimos e Efthimis Filippou por “Alps”
Leão do Futuro
“Là-bas” de Guido Lombardi
Prémio FIPRESCI
Em Competição – “Shame”
Fora de Competição – “Two Years”
Prémio SIGNIS
“Faust” de Aleksandr Sokurov
Menção Honrosa
“A Simple Life”
Prémio Rato de Ouro
“Killer Joe”
Rato de Prata
“Kotoko”

 

Secção Orizzonti
Prémio Orizzonti (Melhor Longa-Metragem)
“Kotoko” de Shinya Tsukamoto
Prémio do Júri (Longa-Metragem)
“Whore’s Glory” de Michael Glawogger
Prémio Orizzonti (Média-Metragem)
“Accidentes Gloriosos” de Mauro Andrizzi e Marcus Lindeen
Prémio Orizzonti (Curta-Metragem)
“In attesa dell’avvento” de Felice D’Agostino e Arturo Lavorato

 

Controcampo Italiano

Melhor Longa-metragem
“Scialla!” de Francesco Bruni
Melhor Curta-metragem
“A Chjàna” de Jonas Carpignano
Melhor Documentário
“Pugni chiusi” de Fiorella Infascelli

 

Leão de Ouro de Carreira
Marco Bellocchio

 

Prémio Glory to the Filmmaker 2011
Al Pacino