Veneza 2023: “Pobres Criaturas”, de Yorgos Lanthimos, vence Leão de Ouro

"Pobres Criaturas" (2023), de Yorgos Lanthimos, premiado com o Leão de Ouro em Veneza 2023 "Pobres Criaturas" (2023), de Yorgos Lanthimos, premiado com o Leão de Ouro em Veneza 2023

O novo filme do cineasta grego Yorgos Lanthimos, “Pobres Criaturas” é o grande vencedor ao receber o Leão de Ouro de Melhor Filme da 80.ª edição do Festival de Cinema de Veneza, que terminou no passado sábado (9 de setembro).

O realizador agradeceu ao festival o prémio máximo e lembrou as duas greves a decorrer em Hollywood, dos atores e argumentistas: “Coloco a minha voz na esperança de que isso seja resolvido em breve”.

Protagonizado por Emma Stone, Willem Dafoe e Mark Ruffalo, o filme de Lanthimos ganha um impulso para a nova temporada de prémios 2023/2024 que se inicia, rumo aos Óscares 2024. A Searchlight Pictures esteia o filme a 8 de dezembro nos EUA, sendo que a Portugal a estreia deverá ocorrer entre janeiro e fevereiro de 2024.

“Pobres Criaturas” conta a história “incrível e fantástica evolução de Bella Baxter (Emma Stone), uma jovem trazida de volta à vida pelo brilhante e não ortodoxo cientista, Dr. Godwin Baxter (Willem Dafoe). Sob a proteção de Baxter, Bella está ansiosa para aprender. Faminta pelo mundo que lhe falta, Bella foge com Duncan Wedderburn (Mark Ruffalo), um advogado astuto e pervertido, numa aventura turbulenta pelos continentes. Livre dos preconceitos da sua época, Bella cresce firme no seu propósito de defender a igualdade e a libertação.”

O Júri do Festival de Veneza 2023, presidido por Damien Chazelle e composto por Saleh Bakri, Jane Campion, Mia Hansen-Løve, Gabriele Mainetti, Martin McDonagh, Santiago Mitre, Laura Poitras e Shu Qi, atribuiu o Leão de Prata (Grande Prémio do Júri) ao novo filme do japonês Ryusuke Hamaguchi, “Evil Does Not Exist”, um dos mais aclamados nesta edição 80 de Veneza. Já Matteo Garrone venceu o Leão de Prata de Melhor Realização pelo drama “Io Capito”, que conta a história de dois jovens que partem do Dakar para a Europa.

Vencedores Veneza 2023

Leão de Ouro
Poor Things, de Yorgos Lanthimos  (Reino Unido)

Leão de Prata – Grande Prémio do Júri
Aku Wa Sonzai Shinai (Evil Does Not Exist) by Ryusuke Hamaguchi (Japão)

Leão de Prata – Melhor Realização
Matteo Garrone, por Io Capitano (Itália, Bélgica)

Melhor Atriz
Cailee Spaeny, em Priscilla

Melhor Ator
Peter Sarsgaard, em Memory

Melhor Argumento
Guillermo Calderón e Pablo Larraín, por O Conde

Prémio Especial do Júri
Green Border, de Agnieszka Holland

Melhor Jovem Ator
Seydou Sarr, em Io Capitano

Secção Orizzonti

Melhor Filme
Magyarázat mindenre (Explanation for Everything), por Gábor Reisz (Hungria)

Melhor Realização
Mika Gustafson, por Paradiset Brinner (Paradise is Burning) (Suécia, Itália, Dinamarca, Finlândia)

Prémio Especial do Júri
Una Sterminata Domenica (An Endless Sunday), de Alain Parroni (Itália, Alemanha, Irlanda)

Melhor Atriz
Margarita Rosa De Francisco, em El Paraíso (Itália)

Melhor Ator
Tergel Bold-Erdene, em Cidade do Vento (França, Mongolia, Portugal, Holanda, Alemanha, Qatar)

Melhor Argumento
Enrico Maria Artale, por El Paraíso (Itália)

Melhor Curta-Metragem
A Short Trip, de Erenik Beqiri (França)

Skip to content