Quarenta anos após a sua estreia no Festival de Cannes, onde venceu a Palma de Ouro, eis que chega uma nova e definitiva versão final de “Apocalypse Now” (1979), a obra prima de Francis Ford Coppola (o realizador da trilogia de “O Padrinho”), aos cinemas nacionais.

Distribuída pela Midas Filmes, a versão final cut de “Apocalypse Now” chega às salas de cinema a 19 de dezembro, sendo Portugal um dos primeiros países do mundo a exibir o filme fora dos grandes festivais e um dos grandes acontecimentos cinematográficos do ano.

Houve uma sessão especial no dia 20 de outubro, no Grande Auditório do CCB, que deu início à 4.ª Temporada do Belém Cinema (grandes clássicos no grande ecrã). Esta versão restaurada do filme de Coppola é “considerada a melhor e a definitiva para o seu filme, cujo restauro em 4K acompanhou de perto, nomeadamente ao nível do som.”

“Apocalypse Now” é um dos grandes marcos da história do cinema e reúne no elenco grandes nomes do cinema, tais como Marlon Brando, Robert Duvall, Martin Sheen, Frederic Forrest, Albert Hall, Sam Bottoms, Laurence Fishburne, Christian Marquand, Aurore Clement e Dennis Hopper.

Nomeado para oito Óscares da Academia, venceu dois: o de Melhor Fotografia (Vittorio Storaro) e o de Melhor Som. Venceu ainda três Globos de Ouro, que inclui o de Melhor Realizador.

A partir de “Coração das Trevas”, de Joseph Conrad. Durante a Guerra do Vietname, um jovem capitão americano recebe como missão procurar e assassinar um coronel americano desertor que se escondeu na selva e passou a comandar guerrilheiros no Cambodja, onde é adorado como um semideus.