“Wish Dragon”, uma coprodução entre a Sony e produtoras de animação chinesas

A China quer recontar a clássica história do génio da lâmpada em Wish Dragon”, mas em vez de termos um génio azul com uma ligeira tendência para a comédia de improviso, temos um gigante dragão cor-de-rosa, que vive numa ânfora de jade. O filme é a mais recente coprodução entre a Sony Pictures Animation (SPA) e uma seleção de produtoras chinesas, cujo lançamento do primeiro trailer ainda não fez grande alarido nos media especializados.

Recentemente galardoado com dois Óscares (para a longa-metragem de 2018, “Homem-Aranha: No Universo Aranha” e a curta-metragem Hair Love, de 2019), o SPA é possivelmente o estúdio de animação mais badalado de Hollywood de momento. O argumentista e realizador Chris Appelhans, que trabalhou em filmes como “A Casa Fantasma”, “Coraline e a Porta Secreta”, “O Fantástico Senhor Raposo” e “O Gato das Botas”, desenvolveu a longa-metragem na produtora chinesa Base Media. A multinacional Tencent, a distribuidora de Jackie Chan e a Sparkle Roll Media também estão em processo de coprodução do filme de animação. Este projeto faz parte de uma iniciativa internacional, o qual a presidente do estúdio SPA Kristine Belson explica:

“Celebramos o facto de que não temos um estilo próprio. Pretendemos continuar a fazer o caminho que temos seguido – levando ao publico histórias de todo o mundo, histórias que mais ninguém  está a contar – e fazê-lo de uma forma que ultrapassa os limites da narrativa animada.”

A campanha de “Wish Dragon” nos EUA ainda não tem data de início, mas os cartazes chineses promovem também o título em inglês do filme. A Sony ainda não anunciou uma data de lançamento nos EUA, embora seja provável que a longa-metragem estreie ainda este ano.