Já se conhecem os nomeados aos WGA Awards (Writers Guild of America Awards) –Prémios do Sindicato dos Argumentistas, os prémios que premeiam os melhores argumentos. Curiosamente o vencedor do Globo de Ouro de Melhor Argumento, “Era Uma Vez Em… Hollywood”, de Quentin Tarantino, não foi nomeado por não ter concorrido ao prémio do sindicato dos argumentistas. Os vencedores serão conhecidos a 1 de fevereiro.

Melhor Argumento Original
1917, por Sam Mendes, Krysty Wilson-Cairns
Booksmart, por Emily Halpern, Sarah Haskins, Susanna Fogel, Katie Silberman
Knives Out, por Rian Johnson
Marriage Story, por Noah Baumbach
Parasite, por Bong Joon Ho, Han Jin Won

Melhor Argumento Adaptado
A Beautiful Day in the Neighborhood, por Micah Fitzerman-Blue, Noah Harpster
The Irishman, por Steven Zaillian
Jojo Rabbit, por Taika Waititi
Joker, por Todd Phillips, Scott Silver
Little Women, por Greta Gerwig

Melhor Argumento de Documentário
Citizen K, por Alex Gibney
Foster, por Mark Jonathan Harris
The Inventor: Out for Blood in Silicon Valley, por Alex Gibney
Joseph Pulitzer: Voice of the People, por Robert Seidman, Oren Rudavsky
The Kingmaker, por Lauren Greenfield