A Apple apresentou esta tarde no seu evento especial, na Califórnia, vários serviços inovadores como o Apple News+, o Apple Card, o Apple Arcade e  o  Apple TV Channels. Mas a grande novidade foi o Apple TV+, uma nova plataforma de streaming de vídeo, com conteúdos próprios.

“Sentimos que podemos contribuir com algo para a cultura”, diz Tim Cook. “Histórias que podem mudar o mundo” é o mote do novo serviço da Apple, uma plataforma streaming com produções originais.

“Apple TV+ é um novo serviço de streaming, onde os maiores talentos do mundo do cinema e da televisão vão contar histórias de ficar colado ao ecrã. Séries e filmes originais de todos os géneros, exclusivos para a Apple TV+.”

Na sessão de apresentação deste serviço estiveram presentes alguns nomes fortes de Hollywood, como J.J Abrams, Olivia Spencer, Sarah Bareilles, Steve Carrel, Jennifer Aniston, Reese Witherspoon, Oprah Winfrey e personagens da Rua Sésamo. O primeiro a subir ao palco foi Steven Spielberg, que recentemente criticou a Netflix por entrar na corrida aos Óscares, mas que agora se associa ao serviço de streaming da Apple. Estão também confirmadas produções criadas por Damian Chazelle e M. Night Shyamalan.

Filmes e séries com o carimbo da marca Apple vão começar a ser produzidos para competir com a Netflix, num mercado que começa a tornar-se cada vez mais competitivo.

O Apple TV+ será lançado no outono, mas não foi confirmado o preço do serviço.