Se disséssemos que éramos um bando de miúdos, um tanto sonhadores, que queriam fundar um site para escrever sobre cinema e que, por algum desígnio divino, pudéssemos fazer da vida isto de escrever sobre a sétima arte, seria isso possível? A resposta é óbvia: dificilmente. Todavia Isso não impediu o bando de criá-lo em 2008, ano da fundação do Cinema Sétima Arte. O espírito do western tinha-se entranhado em nós…

“A atividade crítica tem três funções: informar, avaliar, promover”. É desta forma que pretendemos estimular o debate pelo cinema. Acima de tudo, escreveremos sempre como cinéfilos, esses sonhadores enamorados da sétima arte.

Criado a 28 de setembro de 2008, somos um site de informação, crítica e opinião sobre a sétima arte, o cinema, com uma abordagem que recusa o sensacionalismo e de forma autónoma do poder político e independente de poderes particulares. 

Queres colaborar com o Cinema Sétima Arte? Clica aqui.

DIRETOR
Tiago Resende

SUBDIRETOR
Nuno Oliveira

EDITORES
Cláudio Azevedo
Nuno Oliveira
Tiago Resende

LOGOTIPO
Filipe Losna

COLABORADORES
André Francisco
Beki Bonjour
Catarina Serras
Diogo Ferreira
Fernando Vasquez
Filipa Saraiva
Gisela Leal
Hugo Gomes
Inês Paredes
Letícia Mendes
Luís Miranda
Mariana Azevedo
Margarida Neves
Pedro Ferreira
Pedro Henrique
Rúben Fonseca
Sofia Belem
Wellington Almeida

ANTIGOS COLABORADORES
André Rui Graça
Carlos Melo Ferreira
Clara Motta
Diogo Vieira
Eduardo Magueta
Fátima Lacerda
Helena Soares
Inês Oliveira
José Alberto Pinheiro
Juliana Travassos
Leonor Reis
Luis Carneiro Ferreira
Patricia Rosas
Pedro Barriga
Pery Machado
Regina Machado
Sérgio Miguel Silva
Sofia Correia Pinto
Teresa Vieira
Tiago Ferreira

ESTATUTO EDITORIAL

O Cinema Sétima Arte é um projeto de informação dedicado ao cinema a ao audiovisual. Definimo-nos como um projeto plural onde se presta informação e opinião periódica de base diária sobre um setor em particular.

Somos um projeto multimédia de informação em atualização permanente, acompanhando a evolução das novas tecnologias de comunicação e pondo em prática as mais modernas técnicas de expressão jornalística na Internet. 

Orientados por critérios de rigor e criatividade editorial, sem qualquer dependência de ordem ideológica, política e económica, mas revemo-nos na luta pela causas dos direitos humanos, por uma sociedade mais justa e um planeta melhor onde prevalecem os valores.

Consideramos que a existência de uma opinião pública informada, ativa e interveniente é condição fundamental da democracia e da dinâmica de uma sociedade aberta, que não fixa fronteiras regionais, nacionais e culturais aos movimentos de comunicação e opinião.

Estabelecemo-nos dentro dos limites do jornalismo exigente e de qualidade, recusando o sensacionalismo e a exploração mercantil da matéria informativa.

Somos responsáveis perante os nossos leitores e visitantes, numa relação rigorosa e transparente, autónoma do poder político e independente de poderes particulares. 

Comprometemo-nos assim a por intermédio dos nossos colaboradores e sob a responsabilidade dos seus diretores, a respeitar a legislação aplicável à atividade jornalística, designadamente a Lei da Imprensa, bem como os princípios éticos e deontológicos da profissão.