FEST – Festival Novos Realizadores 2024: Vencedores

A edição de 2024 foi marcada pela dureza, realismo e ausência de folclore
05. Seu nome era Gisberta 1 05. Seu nome era Gisberta 2
“Seu nome era Gisberta” de Sergio Galvão Roxo

As tradições religiosas e casamenteiras de duas famílias indianas conquistaram o Júri Internacional do Lince de Ouro. “The Adamant Girl” de P.S. Vinothraj foi o grande vencedor da 20.ª edição do FEST.

A edição de 2024 foi marcada pela dureza, realismo e ausência de folclore. O filme sobre os 45 anos de vida de Gisberta Salce, mulher trans assassinada em 2006 no Porto, conquistou o Júri do Grande Prémio Nacional do FEST – Festival Novos Realizadores | Novo Cinema.

Já o Lince de Ouro para Documentário foi atribuído a um dos filmes mais discutidos, “Echo of You”, da dinamarquesa Zara Zerny, que aborda um grupo de mulheres idosas que perderam os maridos, e também ganhou o Prémio do Público.

Do lado do Lince de Prata Animação, a realidade transforma-se no horror de um coração partido com “Tako Tsubo”, dos realizadores alemães Fanny Sorgo e Eva Pedroza.

Edição de 2024

Este ano, nas competições de Lince de Ouro e Lince de Prata na categoria de ficção, o painel de jurados incluiu o realizador, ator, argumentista e fotógrafo Edgar Morais, a cineasta espanhola Pilar Palomero e o editor e designer de som Eddy Joseph.

Para determinar os melhores filmes portugueses no Grande Prémio Nacional, o júri foi composto pela editora e realizadora Karima Saidi e pela jornalista da TVI Maria João Rosa.

Na categoria de documentário, o FEST contou com a avaliação da atriz Cleo Diára, da editora e realizadora Karima Saidi, e da jornalista da TVI Maria João Rosa.

Filipa Bossuet, artista multidisciplinar, Carolina Neves, fotógrafa e fotojornalista, e Nuno Rocha, realizador, argumentista e produtor de cinema, foram responsáveis por selecionar os vencedores do NEXXT, competição de cinema estudantil do FEST, bem como das categorias de animação e experimental do Lince de Prata.

Balanço

Das 4500 submissões de 58 países, o 20º FEST selecionou 268 filmes, com 178 deles competindo no festival.

Diante deste panorama, a organização do Festival Novos Realizadores | Novo enfatiza que o cinema vai além dos prêmios. Afirmam que, se o FEST fosse uma pessoa jovem de 20 anos, todos diriam para aproveitar o momento. E, de fato, esta celebração foi uma das mais memoráveis até hoje.

Espinho transformou-se numa celebração da Sétima Arte, acolhendo figuras como Kenneth Lonergan, autor de “Manchester by the Sea”, e Melissa Leo, vencedora do Óscar por “The Fighter – Último Round”, além de profissionais como Mark Coullier, maquilhador de obras premiadas como “Pobres Criaturas”, e Yorgos Lamprinos, editor de “O Pai”.

Os realizadores portugueses, tanto jovens como mais experientes, reconhecem que Espinho oferece mais do que simples exibições de cinema; é um local de networking, debates cinematográficos e convívio em torno de uma paixão comum.

Os filmes vencedores do Lince de Ouro e do Lince de Prata foram exibidos na segunda-feira, 1 de julho, no Auditório do Centro Multimeios de Espinho.

 


Os vencedores das competições de cinema do festival são os seguintes:

 

Lince de Ouro – Ficção: “The Adamant Girl” – P.S. Vinothraj (IND)
Menção Honrosa “Animal” por realização de Sofia Exarchou (GRE)
Menção Honrosa “Animal” por interpretação Dimitra Vlagopoulou e Flomaria Papadaki (GRE)

Lince de Ouro – Documentário: “Echo of you” – Zara Zerny (DIN)

Lince de Prata – Ficção: “It Turns Blue” – Shadi Karamroudi (IRÃO)
Menção Honrosa“Bolero” – Nans Laborde-Jourdàa (FRA)
Menção Honrosa“I promised you paradise” –  Morad Mostafa (EGIPTO)

Lince de Prata – Documentário: “City of Poets” – Sara Rajaei (PB)
Menção Honrosa – “Debtors” – Andrzej Danis (POL)
Menção Honrosa – “And a Happy New Year” – Sebastian Mulder (PB)

Lince de Prata – Animação: “Tako Tsubo” – Fanny Sorgo, Eva Pedroza (ALE)
Menção Honrosa – “Matta and Matto” – Bianca Caderas, Kerstin Zemp (CHE)
Menção Honrosa – “A Kind of Testament” – Stephen Vuillemin (FRA)

Lince de Prata – Experimental: “The eyeball person” – Yuri Muraoka (JAP)
Menção Honrosa – “A bird called memory” – Leonardo Martinelli (BRA/RU)

Grande Prémio Nacional: “Seu nome era Gisberta” de Sergio Galvão Roxo
Menção Honrosa – “Clotilde” de Maria João Lourenço
Menção Honrosa – “Trapstarz” de Gonçalo Loureiro

NEXXT – Competição Académica:  “The voice of others” – Fatima Kaci (FRA)
Menção Honrosa – “Riot Doll” – Daria SKRIPKA, Poornima SUBRAMANIAM, Mrunal KHAIRNAR, Lwazi MSIPHA, Hassan YOLA (FRA)”
Menção Honrosa – “Growing Pains” – Mikkel Kruse (DIN)

FESTinha #Sub10: “Writing Home” – Eva Matejovičová  (CHE)
FESTinha #Sub12: “Canary” – Pierre-Hugues Dallaire  (CAN)
FESTinha #Sub16: “El Ombligo de la Luna”– Sara Lourenço António, Julia Grupińska, Bokang Koatja, Ezequiel Garibay Cires, Tian Westraad  (FRA)

Voto Público

Lince de Ouro“Echo of You” – Zara Zerny (DIN)
Lince de Prata“The Distance Between Us” – Léo Fontaine (FRA)

Skip to content