Estreia no próximo dia 8 de agosto o documentário “Sousa Martins”, escrito, realizado e montado por Justine Lemahieu, nos Cinema City Portugal de Alvalade e de Leiria.

Em Portugal, nem todos os santos vão à Igreja! Nascido em 1843, Sousa Martins, célebre médico e filantropo, tornou-se, apesar das suas batalhas enquanto homem de ciência, objeto de um culto religioso, um culto popular, praticado fora de qualquer igreja e convenção. A estátua erguida em sua memória no centro de Lisboa é o ponto de partida para uma viagem simultaneamente pessoal e antropológica que interroga a necessidade de crença e a sua relação com a cura.

Um filme que permite descobrir o percurso deste extraordinário médico e humanista de Vila Franca de Xira e o culto que o rodeia. Sousa Martins (1843-1897) foi um médico e professor catedrático da Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa, formado em Farmácia e Medicina, que trabalhou, na maioria dos casos, gratuitamente, sobretudo no combate à tuberculose.

Esta é uma produção da Ukbar Filmes, financiada pelo CNC (Centre National du Cinéma et de l’Image Animée – França) e pelo ICA (Instituto do Cinema e do Audiovisual – Portugal), que teve a sua estreia no Festival Caminhos do Cinema Português 2018.