Berlim 2013: Vencedores

“Child’s Pose”, do romeno Calin Peter Netzer, recebeu hoje o Urso de Ouro durante a 63ª cerimónia de entrega dos prémios do Festival de Berlim. O Prémio do Júri foi atribuído ao bósnio “An Episode in the Life of an Iron Picker”, de Danis Tanović. O realizador português João Viana recebeu uma Menção Especial do júri para Melhor Primeira Obra pelo filme “A Batalha de Tabatô”. O cineasta Jafar Panahi, que mesmo impedido de filmar pelas autoridades iranianas, conseguiu estrear mais um filme no Berlinale, e vencer o Prémio de Melhor Argumento, por “Parde”.

 

Urso de Ouro

Child’s Pose, de Calin Peter Netzer (Roménia)

 

Urso de Ouro – Menção Especial

Ayla Fourie (Alemanha/África do Sul)

Promised Land (EUA)

 

Urso de Prata – Prémio do Júri

An Episode in the Life of an Iron Picker, de Danis Tanović (Bósnia/Herzegovina)

 

Urso de Prata – Melhor Realizador
David Gordon Green, por Prince Avalanche (EUA)

 

Urso de Prata – Melhor Atriz
Paulina García, em Gloria (Chile)

 

Urso de Prata – Melhor Ator
Nazif Mujic, em An Episode in the Life of an Iron Picker (Bósnia/Herzegovina)

 

Urso de Prata – Melhor Contribuição Artística
Fotografia de Aziz Zhambakiyev em Harmony Lessons, de Emir Baigazin (Cazaquistão)

 

Urso de Prata – Melhor Argumento
Jafar Panahi, por Parde (Irão)

 

Prémio Alfred Bauer
Vic et Flo ont vu un ours, de Denis Côté (Canadá)

 

Melhor Primeira Obra
The Rocket, de Kim Mordaunt (Austrália)

 

Melhor Primeira Obra – Menção Especial
A Batalha de Tabatô, de João Viana (Portugal)

 

Urso de Ouro – Melhor Curta-Metragem
La Fugue, de Jean-Bernard Marlin (França)

 

Urso de Prata – Melhor Curta-Metragem
Die ruhe bleibt, de Stefan Krekhaus (Alemanha)