Berlinale ’11: Filmes em Competição

A organização do Festival Internacional de Cinema de Berlim, um dos mais importantes festivais de cinema do mundo, anunciou ontem que terá 22 filmes na competição oficial, seis dos quais em extra-concurso e duas exibições especiais. Em solidariedade ao cineasta iraniano Jafar Panahi, o seu filme “Offside” será apresentado no dia 11 de fevereiro, aniversário da Revolução Iraniana. O documentário em 3D “Cave of Forgotten Dreams”, do realizador alemãoWerner Herzog, também será exibido como projeção especial no Belinale Palast. Ao todo, três filmes em 3D serão apresentados no programa oficial.

 

Como já tinha referido na notícia anterior “Berlinale ’11: Filme dos irmãos Coen abre festival”, o filme escolhido para abrir a 61ª edição do Festival de Cinema de Berlim, foi o mais recente filme dos irmãos Coen“True Grit” (Indomável), um western.

 

O Presidente do Júri será uma das melhores actrizes europeias, Isabella Rossellini. Os vencedores do Urso de Ouro do festival serão anunciados no dia 19 de Fevereiro. O vencedor do ano passado do Urso de Ouro foi “Bal” de Semih Kaplanoglu (Turquia). O 61º Festival Internacional de Cinema de Berlim decorre entre 10 e 20 de Fevereiro, na capital alemã.

 

Filmes da competição oficial:

“A Torinói Ló” (The Turin Horse), de Béla Tarr (Hungria)

“El Premio” (The Prize), de Paula Markovitch (México)

“Jodaeiye nader az Simin” (Nader and Simin, A Separation), de Asghar Farhadi (Irão)

“Les Contes de la Nuit” (Tales Of The Night), de Michael Ocelot (França)

“Margin Call”, de JC Chandor (EUA)

“Saraghanda, Saranghaji Anneunda” (Come Rain Come Shine), de Lee Yoon-ki (República da Coreia)

“Schlafkrankheit” (Sleeping Sickness), de Ulrich Köhler (Alemanha)

“The Forgiveness of Blood”, de Joshua Marston (EUA)

“Un Mundo Misterioso” (A Mysterious World), de Rodrigo Moreno (Argentina)

“V Subbotu” (Innocent Saturday), de Alexander Mindadze (Rússia)

“Bizim Bijyiik Caresizligimiz” (Our Grand Despair), de Seyfi Teoman (Turquia)

“Coriulanus”, de Ralph Fiennes (Grã-Bretanha)

“Oden” (Lipstikka), de Jonathan Sagall (Canadá )

“The Future”, de Miranda July (EUA)

“Wer wenn nicht wir” (If Not Us, Who), de Andres Veiel (Alemanha)

“Yelling To The Sky”, de Victoria Mahoney (EUA)

 

Extra-concurso:

“Almania/Willkommen in Deutschland”, de Yasemin Samdereli (Turquia)

“Les Femmes du 6ème Etage”, de Philippe Le Guay (França)

“Mein bester Feind” (My best enemy) de Wolfgang Murnberger (Áustria)

“Unknow”, de Jaume Collet-Serra (Espanha)

“Pina”, de Wim Wenders (Alemanha)

“True Grit”, de Joel e Ethan Coen (EUA)

 

Exibições especiais:

“Cave Of Forgotten Dreams”, de Werner Herzog(Alemanha)

“Offside”, de Jafar Panahi(Irão)