Foram ontem anunciados os vencedores, da 61ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim, em que Isabella Rossellini foi a presidente do Júri, entregando o prémio máximo do festival a “Nader and Simin, A Separation” (“Jodaeiye nader az Simin”) de Asghar Farhadim. O filme iraniano recebu o Urso de Ouro de Melhor Filme, o Urso de Prata de Melhor Actriz e o de Melhor Actor. O conceituado cineasta húngaro, Béla Tarr, foi galardoado com o Urso de Prata do Grande Prémio do Júri, pelo filme “The Turin House” e o cineasta alemão, Ulrich Kohler, recebeu o Urso de Prata de Melhor Realizador, pelo filme “Sleeping Sickness”. E termina assim o primeiro grande festival de cinema europeu, que marca uma nova temporada de festivais de cinema em todo o mundo.

 

Urso de Ouro de Melhor Filme

“Nader and Simin, A Separation” de Asghar Farhadi (Irão)

Urso de Prata – Grande Prémio do Júri

“The Turin House” de Béla Tarr (Hungria)

Urso de Prata de Melhor Realizador

Ulrich Kohler por “Sleeping Sickness” (Alemanha)

Urso de Prata de Melhor Actriz

Leila Hatami e Sarina Farhadi por “Nader And Simin, A Separation”

Urso de Prata de Melhor Actor

Peyman Moadi, Shahab Hosseini e Sareh Bayat por “Nader And Simin, A Separation”

Urso de Prata de Melhor Contribuição Artística

Woyciek Staron eBárbara Enríquez por “El Premio” de Paula Markovitch (Argentina)

Urso de Prata de Melhor Argumento

“The Forgiveness Of Blood” (EUA)

Prémio Alfred Bauer – Filme Mais Inovador

“If Not Us, Who” de Andres Veiel (Alemanha)

Prémio de Melhor Primeiro Filme

“On the Ice” de Andrew Okpeaha MacLean (EUA)

Urso de Ouro de Melhor Curta-Metragem

“Night Fishing” de Park Chan-wook e Park Chan-kyong (Coreia do Sul)

Urso de Prata – Prémio do Júri de Melhor Curta-Metragem

“Broken Night”, de Yang Hyo-joo