Ellen Page passa a chamar-se Elliot Page e assume-se como transgénero

Elliot-Page

O ator de filmes como “Juno” (2007) e “A Origem” (2010), anteriormente conhecido como Ellen Page, apresentou-se nas redes sociais como Elliot Page e assume-se como transgénero e não binário. Pouco depois do anúncio feito por Page, o IMDB, a Netflix e a Wikipedia alteraram logo para o novo nome.

“Olá amigos, quero partilhar com vocês que sou trans, os meus pronomes são ele / eles e o meu nome é Elliot” (…) sinto-me sortudo por estar a escrever isto. Estar aqui. Por ter chegado a este ponto da minha vida”, escreveu Elliot Page.

“Sinto uma gratidão imensa por todas as pessoas que me apoiaram ao longo desta jornada. Não consigo sequer começar a expressar o quão incrível é amar quem eu sou o suficiente para buscar o meu eu autêntico. Sou infinitamente inspirado por muitos membros da comunidade trans. Obrigado por vossa coragem, a vossa generosidade e por trabalhar incessantemente para tornar este mundo um lugar mais inclusivo e cheio de compaixão. Irei oferecer todo o apoio possível e continuar à procura de uma sociedade mais amável e igualitária.”

“Adoro ser trans. E adoro ser gay. E quanto mais me abraço e aceito quem sou, mais eu sonho, mais o meu coração cresce e mais eu cresço. A todas as pessoas trans que lidam com assédio, aversão a si mesmos, abuso e ameaça de violência todos os dias: eu vejo vocês, eu amo vocês e farei tudo o que posso para mudar este mundo para melhor.”, conclui Page.

O ator, nascido em 1987, no Canadá, estreou-se no cinema no início do século XXI tendo participado em filmes como “X-Men: O confronto final” (2006), “Sobre Rodas” (2009), “A Origem” (2010), “Para Roma com Amor” (2012) e “A Minha Vida de Courgette” (2016). Mas foi com o papel da adolescente grávida em “Juno” (2007), de Jason Reitman, que Page se tornou num dos atores mais requisitados em Hollywood. Recebeu em 2008 a nomeação ao Óscar de Melhor Atriz (na altura com o nome de Ellen Page). Em 2014, assumiu-se como homossexual durante uma conferência pelos Direitos Humanos em Las Vegas.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por @elliotpage

Skip to content