O Espaço Nimas, em Lisboa, vai organizar o ciclo de cinema Género & Identidade, entre 15 de fevereiro a 19 e julho com doze sessões. Este ciclo é uma iniciativa da Leopardo Filmes, da Medeia Filmes e do Instituto da Arte da FCSH/Nova.

O Espaço Nimas será lugar para debater, a partir da exibição de doze filmes, em sessões quinzenais (sempre às quartas-feiras, às 19h), onde serão exibidas várias obras, clássicas e contemporâneas, que funcionam como exemplos transgressores em relação aos códigos e costumes dominantes nas suas épocas. Após a projecção dos filmes terá lugar um debate com investigadores e críticos de Cinema, especialistas em Estudos de Género, escritores, artistas e outros.

O programa divide-se em quatro capítulos a serem debatidos, dos quais se destacam obras como, por exemplo, “Minha Mãe” de Christophe Honoré ((Re)definições de Feminino), “Martha” de Rainer Werner Fassbinder (Subjugação e violência), “Uma Mulher para dois” de Ernst Lubitsch (‘Women Power’) e “Felizes Juntos” de Wong Kar-Wai (Queer & Transgénero).

“Ao longo da sua história, o cinema foi, muitas vezes, arte e veículo transgressor, por vezes de forma radical e aberta, outras forçado a dissimular, digamos assim, para contornar a censura, de uma releitura e desconstrução dos clássicos papéis atribuídos ao feminino e masculino. Relevando o papel que esta problemática ocupa na articulação com as múltiplas dimensões do “político” e, particularmente, das chamadas “políticas da identidade”, o cinema tem permitido aflorar tópicos tão sensíveis como o questionamento dos padrões da “normalidade”, dramatizando conflitos e dilemas existenciais afectos aos difíceis processos de construção e reinvenção da identidade e trazendo para o centro do debate os temas da censura, da proibição e do tabu em íntima correlação com os do preconceito, poder, hierarquia, sexismo, exploração e repressão sexual. É a partir destas coordenadas que se constitui o programa do ciclo GÉNERO & IDENTIDADE, com curadoria de Bruno Marques, Luís Mendonça, Mariana Gaspar e Sabrina D. Marques.”

Género & Identidade
Ciclo de Cinema no Espaço Nimas

1. (Re)definições de Feminino
15 de Fevereiro, 19h00
A ACADEMIA DAS MUSAS de José Luis Guerin – 1h 32min
1 de Março, 19h00
ASAS de Larisa Sheptiko – 1h 25min
15 de Março, 19h00
MINHA MÃE de Christophe Honoré – 1h 50min

2. Subjugação e violência
29 de Março, 19h00
WANDA de Barbara Loden – 1h 42min
12 de Abril, 19h00
O CÍRCULO de Jafar Panahi – 1h 30min
26 de Abril, 19h00
MARTHA de Rainer Werner Fassbinder – 1h 56min

3. ‘Women Power’
10 de Maio, 19h00
O DIABO É UMA MULHER de Josef von Sternberg – 1h 20min
24 de Maio, 19h00
UMA MULHER PARA DOIS de Ernst Lubitsch – 1h 31min
7 de Junho, 19h00
QUANDO UMA MULHER SOBE AS ESCADAS de Mikio Naruse – 1h 51min

4. Queer & Transgénero
21 de Junho, 19h00
TUDO SOBRE A MINHA MÃE de Pedro Almodóvar – 1h 41min
5 de Julho, 19h00
FELIZES JUNTOS de Wong Kar-Wai – 1h 36min
19 de Julho, 19h00
UMA NOVA AMIGA de François Ozon – 1h 48min

Fonte: Medeia Filmes